PUBLICIDADE
Notícias

OIT estima aumento da taxa de desemprego até 2017

20:59 | 21/01/2013
Mesmo com uma eventual recuperação econômica mundial nos próximos anos, o número de 197,3 milhões de desempregados somados até 2012 deve piorar. A estimativa da Organização Internacional do Trabalho (OIT), conforme relatório divulgado nesta segunda-feira, é que em cinco anos o mundo some 210,6 milhões de desempregados, um aumento de mais de 13 milhões ao total atual.

A OIT cita inconsistências entre medidas fiscais e monetárias de diferentes países e a queda nos níveis de investimentos como impasses à uma recuperação mais forte da economia. "A natureza global desta crise significa que os países não podem resolver seu impacto de maneira individual e somente com medidas internas", disse o diretor-geral da OIT, em nota à imprensa, Guy Ryder. "O alto nível de incerteza, que está reprimindo os investimentos e a criação de emprego, não diminuirá se os países conceberem soluções contraditórias", completou.

De acordo com a OIT, a possível retomada da atividade mundial não será tão forte a ponto de reduzir o desemprego com rapidez. A estimativa da organização é que a taxa de desemprego mundial fique em torno de 6% pelo menos até 2017 - atualmente, está em 5,9%. Em 2013, o número de desempregados no mundo deve aumentar em 5 milhões, chegando a 202 milhões. Para o próximo ano, o incremento deve ser de 2,9 milhões.

TAGS