PUBLICIDADE
Notícias

Lagarde diz que Portugal está "no caminho certo"

12:36 | 05/01/2013
Portugal está "no caminho certo" ao cumprir as metas de reformas econômicas exigidas por seus credores internacionais em troca do pacote de resgate concedido a Lisboa há quase dois anos, afirmou a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em entrevista divulgada neste sábado.

"O programa (de ajuda) está no caminho certo. Foi feita uma parte significativa do ajuste fiscal", disse Lagarde à revista portuguesa Expresso.

Em maio de 2011, Portugal obteve um resgate de 78 bilhões de euros (US$ 102 bilhões) da União Europeia e do FMI, em troca de um programa de reformas de três anos que arrastou o país à recessão e levou o desemprego no país a bater o nível recorde de 16%.

Na entrevista, Lagarde citou a questão do desemprego alto e os riscos associados à crise da zona do euro, mas disse estar "muito confiante". "As autoridades portuguesas e o povo de Portugal têm sido extremamente corajosos e firmes ao implementar reformas rígidas e dolorosas", comentou a chefe do FMI.

Em novembro, a coalizão governista de Portugal, de centro-direita, adotou um orçamento austero que prevê uma série de aumentos de impostos.

No começo da semana, o presidente de Portugal, Aníbal Cavaco Silva, entrou com um pedido no tribunal constitucional do país para que a corte verifique se o Orçamento de 2013 está de acordo com a lei. As informações são da Dow Jones.

TAGS