PUBLICIDADE
Notícias

Governos regionais economizam menos do que o previsto

11:58 | 30/01/2013
O chefe-adjunto do Departamento Econômico do Banco Central, Fernando Rocha, informou, nesta quarta-feira, que os governos regionais (Estados e municípios) e suas empresas estatais registraram superávit primário de R$ 19,9 bilhões em 2012, número abaixo da meta de R$ 42,8 bilhões. "Governos regionais e suas estatais apresentaram resultado R$ 22,9 bilhões abaixo da meta", disse Rocha.

Em relação ao resultado do setor público consolidado, Rocha afirmou que a queda no superávit primário se deve, além da economia menor dos governos regionais, à moderação da atividade econômica e a medidas de desoneração fiscal. Ele afirmou ainda que o déficit nominal de 2,47% do PIB em 2012 é o menor desde 2008 (2,04%). Os juros nominais de 4,85% do PIB são os menores da série iniciada em 2001. Nesse caso, destaque para as reduções da Selic média, de 11,6% em 2011 para 8,5% em 2012, e do IPCA, de 6,5% para 5,84%.

TAGS