PUBLICIDADE
Notícias

Escolha o melhor fundo multimercado

Saiba como funcionam os fundos que mais captaram dinheiro no ano passado e se eles ainda são atrativos em 2013

07:50 | 21/01/2013
Os fundos multimercados foram os que tiveram maior captação líquida em 2012, de mais de 20 bilhões de reais. Com os juros em queda e o mercado acionário ainda afetado por problemas econômicos no Brasil e no exterior, os investidores viram nessa categoria de fundos uma boa oportunidade de ganhos – não astronômicos, mas ao menos superior à renda fixa.

Por serem capazes de investir em vários tipos de ativo, tanto em renda fixa como em renda variável, os fundos multimercados podem optar pela melhor estratégia de acordo com o cenário econômico, adotar diversas estratégias, investir em vários multimercados ou fazer uma única estratégia de modo a ganhar tanto com o mercado em alta quanto em baixa.

É por isso que os multimercados em geral conseguem investir no que é mais vantajoso no momento, tornando-se alternativas interessantes em cenários econômicos incertos ou em que existem poucas opções rentáveis.

No entanto, é preciso ter em mente que esses fundos são arriscados, principalmente quando investem em renda variável. O investidor deve, portanto, ter um perfil moderado ou arrojado para se voltar para uma aplicação desse tipo, que não é para o ritmo dos verdadeiramente conservadores.

Em geral, o risco é intermediário entre os fundos de renda fixa e os de ações; mas alguns multimercados chegam a ser ainda mais arriscados que alguns fundos acionários. As informações são da revista Exame.

Redação O POVO Online

TAGS