PUBLICIDADE
Notícias

China cortará tarifas de cartão para estimular consumo

13:55 | 21/01/2013
A China cortará as tarifas do pagamento do cartão bancário a partir de 25 de fevereiro em uma tentativa de impulsionar o consumo doméstico, afirmou a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China.

A agência de planejamento disse em um comunicado em seu site que o governo vai definir taxas para tarifas de serviços cobradas pelos bancos emissores dos cartões, bem como para instituições de compensação, e também fornecer orientações para taxas cobradas pelos bancos que manuseiam pagamentos. As tarifas de cartão na China atualmente cobrem essas três áreas.

As tarifas de cartões de crédito e débito serão cortadas em geral, exceto as tarifas sobre compras de propriedades e automóveis, de acordo com a nota da agência de planejamento e um comunicado anterior do Banco do Povo da China (PBOC, o banco central chinês).

A redução nas tarifas de pagamento de cartão, que estava sendo estudada há algum tempo, provavelmente será negativa para o crédito dos bancos, pois resultará em uma redução de quase 30% na receita com tarifas cobradas dos vendedores pelo cartão de crédito e pode reduzir os lucros antes de impostos entre 1% a 1,5%, de acordo com um relatório recente da Moody's Investor. As informações são da Dow Jones.

TAGS