PUBLICIDADE
Notícias

Centro-Oeste pode receber R$ 7 bilhões pelo FCO

13:05 | 31/01/2013
Os financiamentos com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) devem chegar a R$ 7 bilhões em 2013. A projeção é do diretor-superintendente da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Marcelo Dourado. Em 2012, foram contratados R$ 5,881 bilhões por meio do Banco do Brasil, que administra o fundo, alta de 5,7% em relação a 2011.

Para 2013, estão previstos no Orçamento R$ 5,4 bilhões, mas esse valor pode ser alterado ao longo do ano. Dourado destacou que, no ano passado, a procura por crédito com recursos do fundo chegou a R$ 7 bilhões. "Houve uma demanda de R$ 1,2 bilhão, principalmente, no fim do ano, que não pôde ser atendida. Faltou recurso", afirmou. "Tenho certeza que, em 2013, vamos desembolsar valores da ordem de R$ 7 bilhões."

O vice-presidente de Governo do Banco do Brasil, César Borges, afirmou que a instituição conseguiu atender os produtores rurais da região com outras linhas de crédito para suprir a demanda. "O fundo não teve recursos, mas o BB disponibilizou outras linhas, com juros também baixos, embora não tão baixos, para o produtor", afirmou. No ano passado, a instituição liberou R$ 14,3 bilhões para o agronegócio na Região Centro-Oeste, sendo R$ 3,3 bilhões com recursos do FCO. Em todo o País, o banco chegou à marca de R$ 100 bilhões em financiamentos rurais, alta de 75% em relação a 2011.

TAGS