PUBLICIDADE
Notícias

Cai número de empresas que pretendem investir, diz CNI

11:47 | 15/01/2013
A Confederação Nacional da Indústria (CNI) apresentou nesta terça-feira pesquisa revelando que 85,4% das empresas brasileiras pretendem investir em 2013. O patamar é 5,2 pontos porcentuais superior ao efetivamente realizado no ano passado (80,2%). Essa disposição em investir, porém, é a menor desde 2009, quando 86,6% das indústrias anunciaram a intenção de investir no ano seguinte. A primeira vez que a CNI divulgou o levantamento foi há quatro anos.

A pesquisa ressalta que 60% das companhias que têm a intenção de investir este ano continuarão projetos já em andamento, enquanto 40% têm foco em novos projetos. Conforme a CNI, esses porcentuais são praticamente iguais aos apurados nas intenções de investimento para 2012. A pesquisa foi realizada entre 25 de outubro e 30 de novembro de 2012 com 584 empresas, das quais 245 de grande porte, 266 médias e 73 pequenas.

Máquinas e equipamentos

A CNI identificou que 57,9% das empresas consultadas pretendem comprar máquinas e equipamentos em 2013. O porcentual é maior do que os 45,9% vistos no ano passado.

O levantamento também revelou que o índice de difusão ficou em 55,7 pontos sobre a expectativa de compra desses tipos de produtos. A grandeza do indicador demonstra que as aquisições vão aumentar em relação a 2012, já que ele varia de 0 a 100, com linha divisória em 50. Valores acima de 50 mostram que há intenção de aumento de compras e, abaixo desse patamar, de recuo.

A pesquisa mostra ainda que apenas 17,8% vão reduzir as compras de máquinas e equipamentos este ano, enquanto para 24,4% o ritmo será mantido. A composição de importados nas compras de máquinas e equipamentos deverá aumentar este ano. Para 38,5%, a participação de importados será maior, enquanto 40,5% dos entrevistados disseram que seguirá inalterada em relação a 2012. Já para 21,1% das empresas, a participação de importados em 2013 será menor. A pesquisa foi realizada entre 25 de outubro e 30 de novembro de 2012 com 584 empresas, das quais 245 de grande porte, 266 médias e 73 pequenas.

TAGS