PUBLICIDADE
Notícias

Boa Vista: compra com cartão lidera inadimplência

17:37 | 31/01/2013
Pesquisa sobre o perfil do inadimplente, realizada em dezembro e divulgada nesta quinta-feira pela Boa Vista Serviços, mostrou que 28% das pessoas declararam ter alguma restrição causada por compra feita com cartão de crédito. Em seguida, aparecem carnê / boleto (26%), cheque sem fundos (18%), empréstimo pessoal (16%), cartão de loja (8%) e cheque especial (4%). A Boa Vista, que administra o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), realizou o levantamento do quatro trimestre junto a 1.110 consumidores.

De acordo com a pesquisa, nas faixas de renda familiar de até três salários mínimos, a porcentagem de consumidores que declararam o cartão de crédito como causador da restrição atingiu 29%. Nas faixas acima de dez salários mínimos, o porcentual ficou em 20%. No levantamento feito no terceiro trimestre, a diferença era maior, de 30% e 27%, respectivamente.

Para 21% dos entrevistados, uma das dívidas não pagas se originou com a aquisição de móveis, eletrodomésticos e eletrônicos. Já 16% citaram a compra de produtos ou serviços relacionados à alimentação como os causadores das dívidas. Também 16% mencionaram a compra de vestuário e calçados. Para 10%, a origem foi do não pagamento de contas de concessionárias de serviços públicos.

O desemprego, segundo os entrevistados, é a maior fator de inadimplência, representando 36% dos casos no quarto trimestre. O descontrole financeiro ficou em 26%. Em terceiro lugar aparece o empréstimo do nome a terceiros (9%). O desemprego é a causa mais preponderante nas faixas de renda familiar de até três salários mínimos (45%) e para as faixas entre três e dez salários mínimos (32%). Para as faixas acima de dez salários mínimos, o descontrole financeiro aparece como a principal causa (27%).

A maioria (32%) das dívidas não pagas está abaixo de R$ 500, mas 17% possuem dívidas abertas acima de R$ 5 mil.

TAGS