PUBLICIDADE
Notícias

BCE acredita que Chipre pode minar zona do euro

12:42 | 22/01/2013
Os desafios financeiros do Chipre podem desestabilizar toda a zona do euro, afirmou nesta terça-feira Jörg Asmussen, membro do Conselho Executivo do Banco Central Europeu (BCE), em entrevista à agência Reuters.

"Ocorrências desordenadas no Chipre podem minar o progresso feito em 2012 para estabilizar a zona do euro", disse Asmussen, segundo a agência. "O Chipre pode ser sistêmico para o resto da região, apesar de seu tamanho."

O alerta de Asmussen foi feito um dia após o ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, questionar se o Chipre representa uma ameaça para a união monetária.

Durante entrevista a uma emissora de TV, Schäuble disse ontem que um pacote de resgate para o Chipre, cujo Produto Interno Bruto (PIB) representa 0,2% do PIB da zona do euro, só será possível se a estabilidade do bloco estiver correndo risco.

"Precisamos nos perguntar: o Chipre sequer representa perigo para a estabilidade da zona do euro como um todo?", perguntou Schäuble.

De acordo com a Reuters, Asmussen argumentou que os problemas do Chipre podem contaminar a Grécia por meio do setor bancário, mandando um sinal negativo para os demais países que compartilham o euro e prejudicando economias que tentam recuperar acesso pleno aos mercados financeiros. As informações são da Dow Jones.

TAGS