PUBLICIDADE
Notícias

'Abismo fiscal' nos EUA agora depende da Câmara

13:41 | 01/01/2013
O acordo para evitar o abismo fiscal nos Estados Unidos agora está nas mãos da Câmara dos Representantes, que se reúne neste dia de Ano Novo para avaliar o acordo orçamentário. O Senado aprovou as medidas legislativas por 89 votos a 8, nesta terça-feira, depois que o presidente Barack Obama e os líderes do Senado finalizaram o conteúdo.

A Câmara tem reunião prevista para o meio-dia no horário local (15 horas de Brasília), nesta terça-feira, e os próximos passos são incertos.

Aqueles que apoiam o formato do acordo esperam que a aprovação no Senado ajude também a medida a passar na Câmara e, então, a ser encaminhada para o gabinete de Obama para receber a assinatura até quinta-feira.

O presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, o republicano John Boehner, havia citado a possibilidade de que a Casa pudesse fazer emendas e devolvê-la ao Senado.

Os republicanos na Câmara ainda não decidiram sobre quão rápido agir. Espera-se que democratas consigam votos para assegurar a passagem, assumindo que Boehner aceite as mesmas medidas aprovadas pelo Senado. As informações são da Dow Jones.

TAGS