PUBLICIDADE
Notícias

Pacote não garante crescimento de 4%, diz FecomercioSP

18:10 | 15/08/2012
O pacote de concessões para investimento em infraestrutura anunciado nesta quarta-feira pelo governo federal não é suficiente para fazer com que a taxa de investimento deixe os atuais 19% do Produto Interno Bruto (PIB) e chegue a 25%, o que seria necessário para manter o crescimento econômico entre 4% e 5% ao ano. A avaliação é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

De acordo com nota distribuída pela entidade, as medidas anunciadas podem ser "insuficientes", considerando os prazos, valores e modelo anunciados, mas a parceria com a iniciativa privada "é a única possibilidade para superar as barreiras e ganhar competitividade e eficiência em setores fundamentais para o desenvolvimento do País".

A entidade também criticou a adoção da tarifa mais barata como critério único para escolher o vencedor das licitações, como vinha sendo feito antes. "O modelo de conceder a administração do bem público para quem assegurar a menor tarifa, adotado ao longo do governo Lula, resultou em estradas federais que não alcançaram o padrão de excelência almejado e resultados técnicos abaixo do ideal", diz assessoria técnica da instituição.

TAGS