PUBLICIDADE
Curiosidades
NOTÍCIA

Para comemorar 33 anos de amizade, idosas tatuam copos de cerveja nos braços

Para Ilda, tatuagem é algo inédito, mas Therezinha já acumula quatro delas

22:45 | 24/05/2019

Duas mulheres de Campinas, São Paulo, resolveram fazer uma tatuagem que melhor simbolizasse os seus 33 anos de amizade: copos de cerveja. O clube de mães da Paróquia que frequentam até hoje foi o onde Therezinha Ribeiro de Souza, de 66 anos, e Ilda Noboa, de 70 anos, se conheceram em 1986. As informações são do Extra.

“Nós adoramos cozinhar e fazer churrasco. Gostamos de reunir os amigos, e sempre cozinhamos com um copo de cerveja na mão”, conta Therezinha.

Para Ilda, tatuagem é algo inédito, mas Therezinha já acumula quatro delas. “Na primeira você morre de medo, depois não consegue mais parar! Eu adoro. A Ilda disse que perdeu o medo, que percebeu que não é um bicho de sete cabeças. Quem saiba agora ela faça outra”, comenta Therezinha.

Thiago de Souza, neto da segunda, tem um estúdio em Campinas, onde fez todas as tatuagens da avó. Segundo Thiago, se fosse por ela, já tinha o corpo inteiro tatuado. Foi dela, inclusive, a ideia dos copinhos de cerveja.

Companheirismo

Terê, como é conhecida, é paraense e se mudou para Campinas com a família nos anos 80. Ilda foi convidada para passar o Natal em sua casa, já que as duas não tinham familiares na cidade.

“A gente se adotou. Nossas famílias se juntaram e viraram uma grande família. Os amigos de uma viraram amigos da outra. Natal, ano novo, páscoa; comemoramos tudo juntas”, diz Therezinha.

O companheirismo é tanto, que as famílias se misturaram: um dos cinco filhos de Terê se casou há 20 anos com a caçula de duas filhas de Ilda. O casal tem dois filhos.

“Somos até avós juntas! Do Matheus e da Ana Lívia”, brinca Therezinha.