PUBLICIDADE
Notícias

Pai de menino negro cria curativos para diferentes tons de pele

Marca do professor americano oferece três diferentes cores mais escuras que o tradicional "bege" disponível nas farmácias

18:57 | 22/01/2016
NULL
NULL

A ausência de minorias é um fato perceptível no entretenimento e até mesmo nas prateleiras dos supermercados. Há uma dificuldade, por exemplo, de encontrar produtos voltados para canhotos ou para negros, seja um violão com cordas adaptadas ou uma maquiagem adequada para a pele da mulher negra.

Após sentir dificuldade em encontrar um simples curativo compatível com a cor de pele negra do seu filho adotivo, Kai, o professor americano, Toby Meisenheimer, resolveu desenvolver a sua própria marca de protetores para cicatrização: a Tru-Colour Bandages.
[FOTO2]
Pai de dois filhos adotivos e de dois biológicos, Toby contou, em entrevista ao site de notícias G1, que se impressiona ao ver que nunca pensou nisso antes. "Não acredito que vivi 38 anos sem perceber que os curativos vinham em um formato que só combina com um tom de pele. Isso não está certo”, critica.

O pai empreendedor resolveu criar três diferentes cores mais escuras que o tradicional "bege" disponível nas farmácias. "Durante anos fui de uma família só de brancos. Depois que adotamos crianças com cor de pele que não eram como as nossas, começamos a ver as coisas de forma diferente. Precisa haver uma mudança na forma como as empresas fabricam curativos em um mundo cheio de diversidade”, sugeriu Toby.

[VIDEO1]

Redação O POVO Online

TAGS