PUBLICIDADE
Notícias

Revistas científicas aceitam artigo assinado por Maggie Simpson

O autor da "pegadinha" tinha a intenção de comprovar que, por uma taxa, o grupo de revistas científicas publica qualquer artigo

17:30 | 08/12/2014
NULL
NULL
Um artigo assinado pelas personagens Maggie, a filha mais nova da família Simpson; e Srta. Krabappel, professora da Escola Elementar de Springfield, foi aceito pelas publicações científicas "Journal of Computational Intelligence and Electronic Systems" e "Aperito Journal of NanoScience Technology", dos Estados Unidos.

Obviamente, o artigo intitulado "Configurações Difusas e Homogêneas" não foi escrito por nenhuma das personagens, mas sim pelo engenheiro americano Alex Smolyanitsky.

A partir do envio e devida aceitação do trabalho, Smolyanitsky afirmou que as duas publicações científicas faziam parte de um grupo que publica qualquer artigo, mediante o simples pagamento de uma taxa, ignorando qualquer tipo de critério sério de aprovação, inerente ao que qualquer outra revista do tipo deveria fazer.

Ao receber um e-mail das revistas, o engenheiro respondeu com um texto pronto copiado da internet, inventou nomes falsos para os autores do artigo e ainda criou uma instituição falsa para preencher os dados.

Uma das publicações aceitou prontamente o artigo e a outra levou um mês para publicá-lo, mas desde o envio, Smolyanitsky recebe semanalmente uma cobrança de 450 dólares, como taxa pela publicação.  
Redação O POVO Online

TAGS