PUBLICIDADE
Notícias

Projeto nos EUA pretende abrir filiais do McDonald's dentro de igrejas

Campanha de financiamento coletivo visa tentar atrair um número maior de fiéis, oferecendo hambúrgueres

18:17 | 01/12/2014
NULL
NULL

Os Estados Unidos vêm passando por uma queda no número de fieis nas igrejas e, como estratégia para atraí-los, foi criado o projeto McMissa (McMass, em inglês), uma campanha de financiamento coletivo, que pretende levantar US$ 1 milhão para oferecer aos futuros frequentadores hambúrgueres e batatas fritas.

O McMissa pretende angariar contribuições pelo site Indiegogo, que serão investidas na abertura de uma filial da rede internacional de fast food McDonald's em uma igreja ainda não escolhida.

“Combinando uma igreja com o McDonald's, nós podemos criar uma igreja popular, autossustentável e engajada com a comunidade”, afirma o texto de apresentação do projeto, liderado por Paul Di Lucca, funcionário na agência Lux Dei, especializada em criação de marcas para igrejas.

De acordo com o projeto, anualmente, aproximadamente 3 milhões de pessoas deixam de frequentar igrejas só nos Estados Unidos, que também contabilizou no ano passado o fechamento de 10 mil paróquias. O McDonald's, por sua vez, serve diariamente 70 milhões de refeições e reúne 9 milhões de famílias.

Segundo Di Lucca as igrejas são lugares ideais para instalação de novas filiais da rede, já que precisam de público e de um fonte de renda, e possuem boa localização e arquitetura.

"Esses atributos são desperdiçados sem um público. O cristianismo é incapaz de capturar públicos modernos. Nós precisamos resolver esse problema rapidamente ou as comunidades paroquiais como conhecemos vão deixar de existir. É hora de as igrejas se unirem ao empreendedorismo", disse Di Lucca à emissora NBC.

Prevista para encerrar no dia 16 de janeiro de 2015, a campanha, que oferece brindes em troca das contribuições, arrecadou apenas US$ 192.

Redação O POVO Online

TAGS