PUBLICIDADE
Notícias

Conheça sete segredos de Hollywood revelados pelo ataque de hackers

Grupo Guardiões da Paz (GOP) atacou o estúdio da Sony Pictures em novembro e teve acesso à diversas informações sigilosas, incluindo segredos de estrelas

15:33 | 18/12/2014
NULL
NULL

No final do mês passado, um grupo auto-denominado Guardiões da Paz (GOP) realizou um ataque cibernético contra o estúdio da Sony Pictures.

Ao invadir a rede de computadores, o GOP teve acesso a um número significativo de informações confidenciais e até mesmo a segredos relacionados à estrelas de Hollywood.

As informações vinham sendo vazadas pelo grupo, aos poucos, na internet. Na semana passada, no entanto, o grupo de hackers começou a fazer ameaças a redes de cinema americanas como forma de coibir a exibição do filme "The Interview", uma espécie de sátira ao regime totalitário da Coreia do Norte.   

“Na sequência da decisão da maioria das salas de não exibirem o filme 'The Interview', decidimos não avançar com a estreia, prevista para dia 25 de dezembro”, informou a Sony em comunicado.

Saiba quais foram os 7 segredos de Hollywood descobertos pelo GOP:

1º - Roteiro do filme novo do 007

De acordo com anúncio feito pela Sony Pictures no último fim de semana, os hackers vazaram uma versão do novo filme do agente 007, o "Spectre". Além do roteiro, também vazaram comentários de executivos da Sony sobre a trama, sobre as suas preocupações quanto aos gastos da produção e ainda críticas ao papel do vilão.  

2º - Jennifer Lawrence e Amy Adams ganham menos que colegas masculinos

Uma troca de e-mails entre Amy Pascal, vice-presidente da Sony, e colegas de outras empresas revelou que as atrizes Amy Adams e Jennifer Lawrence - ganhadora de um Oscar - receberam um cachê inferior ao dos atores Christian Bale, Bradley Cooper e Jeremy Renner com quem protagonizaram o filme Trapaça (2013).

3º - George Clooney implora perdão por fracasso

Outra conversa de Amy Pascal revela que George Clooney pediu desculpas à executiva, após receber mal uma crítica ao filme "Caçadores de Obras-Primas, dirigido por ele. Em vários e-mails, o galã praticamente implora para ser perdoado e ainda promete compensar as críticas "com muito dinheiro". A promessa foi cumprida, já que o longa arrecadou US$ 150 milhões ao redor do mundo.

4º - Jolie e Di Caprio são criticados

Numa troca de mensagens entre o produtor Scott Rudin e Pascal, Rudin atribui à atriz Angelina Jolie "um ego desmedido" e ainda afirma que ela é uma "menina mimada com talento mínimo". Em outras mensagens, Pascal e o produtor Marc Gordon criticam Leonardo Di Caprio por seu comportamento "horrível" ao desistir de interpretar Steve Jobs, fundador da Apple, em outubro deste ano.

5º - E-mails racistas

Além de "detonar" Jolie e Di Caprio, Pascal e Rudin pediram desculpas público, após vazamento de e-mails com piada racista, envolvendo o presidente dos EUA, Barack Obama. Os dois conversavam sobre um evento em que Obama estaria presente e especulavam se ele teria mais interesse por filmes com protagonistas negros.

6º - Pseudônimos revelados

Muitas estrelas de Hollywood utilizam, além do nome artístico, pseudônimos para garantir privacidade, principalmente quando fazem reservas em hotéis ou restaurantes. Harry Lauder (Tom Hanks) e Lauren Brown (Natalie Portman), por exemplo, são alguns daqueles que terão que criar outros nomes, já que as falsas identidades foram reveladas

7º - Competição pelo "Caça-Fantasmas"

Os hackers descobriram que Jennifer Lawrence, Emma Stone e Melissa McCarthy estão sendo sondadas para integrarem o elenco feminino de um remake do filme "Os Caça-Fantasmas". Eles também revelaram que outro projeto para o remake está sendo encabeçado pelo ator Chaning Tatum. 

Confira o trailer do filme “The Interview”:

[VIDEO1] 

Redação O POVO Online
TAGS