PUBLICIDADE
Notícias

Jovem com síndrome de Down descobre talento para a arte

Lúcio Piantino já teve sua história contada em um documentário e recebeu convite para expôr suas telas na Itália

16:29 | 11/11/2014
NULL
NULL

Há quem ainda pense que a síndrome de Down seja uma condição completamente oposta a ser bem-sucedido. Contrariando este pensamento, Lúcio Piantino, um brasiliense de 19 anos que tem a síndrome, vive uma carreira de sucesso no mundo da arte. Entre tintas e telas, o jovem rapaz deixou o preconceito que sofria na escola para trás e, com o incentivo da mãe, começou a pintar.

O talento de Lúcio foi contemplado em mais de 10 exposições. Em dezembro, inclusive, 10 de suas telas serão enviadas para compôr uma exposição na Galleria Nazionale Dell’Umbria, na Itália.

Os traços do jovem tem chamado a atenção das pessoas, seja em suas pinceladas certeiras, na aplicação de tinta em gotas (método dripping) ou na seleção de cores e geometria fortes.
 
O diferencial das obras de Lúcio nas exposições é de que elas podem não só ser vistas, mas também tocadas, permitindo que deficientes visuais também apreciem as texturas presentes nas telas do artista.

Apesar da pouca idade, o jovem já firmou seu estilo artístico único.  Talvez isto não seja apenas fruto dos treinos, mas também da genética e da vivência com os pais e o avô artistas plásticos.

“Ele não é uma pessoa com síndrome de Down que pinta, mas um pintor que tem síndrome de Down”, explicou a mãe, Lurdinha Danezy Piantino, em entrevista para o Correio Braziliense.

Em 2012, a história de Lúcio foi contada no documentário “De arteiro a artista: a saga de um menino com síndrome de Down“, exibido no 5º Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência, em 2012.

Veja o documentário na íntegra:

[VIDEO1] 

Redação O POVO Online

TAGS