PUBLICIDADE
Notícias

Depois de deixar a barba crescer mulher se sente mais feminina e sexy

''Jamais retirarei os meus pelos porque Deus me fez assim, e estou feliz com a forma como estou.'' Disse a inglesa

07:29 | 18/02/2014
NULL
NULL

Uma inglesa, de 23 anos, Harnaam Kaur, vítima da síndrome do ovário policístico, desde os 11 anos de idade sofre com o crescimento acelerado de pelos no seu rosto, braços e peito.

De acordo com o Blog Pagnotfound, cansada de ser vítima de bullying na escola e de chegar a receber até ameaça de morte na internet, a mulher de Slough na Inglaterra, decidiu não depilar mais o rosto. A decisão teve uma motivação religiosa, já que a religião na qual ela foi batizada recentemente, a sikh, proíbe que as mulheres se depilem.

"Jamais retirarei os meus pelos porque Deus me fez assim, e estou feliz com a forma como estou. Agora eu me sinto mais feminina, mais sexy, e acho mesmo que aparento isso também", disse ela à Barcroft Media.

Os pais de Kaur não apoiaram a decisão e temem que a filha não arrume casamento depois de andar de barba por aí.

Redação O POVO Online

TAGS