Participamos do

Dia mais triste do ano não passa de uma farsa,
diz jornal

O Blue Monday é na verdade uma ação de marketing de uma empresa de turismo
10:03 | Jan. 21, 2014
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Diz a lenda que a terceira segunda-feira do ano, ou seja, a terceira segunda de janeiro é o dia mais triste do ano. Mas, o que seria fruto de um cálculo psicológico e matemática, na verdade não passa de uma farsa.

O jornal inglês The Guardian e a Revista Inc, resolveram investigar a história e descobriram que o Blue Monday (dia mais triste do ano) é, na verdade, uma ação de marketing de uma empresa de turismo, a Sky Travel, com o objetivo de incentivar as pessoas a viajarem mais nesta época do ano, para “espantar a tristeza”.
Com o passar dos anos a “lenda” do dia mais triste do ano foi se consolidando, mas por mais que janeiro seja um mês difícil, não há nenhum embasamento científico para a informação. O artigo do suposto inventor deste dia, Cliff Arnall, da Universidade de Cardiff, nunca foi publicado em nenhum jornal acadêmico. O único lugar no qual o “estudo” foi publicado foi no Sky Travel. E depois disso o Blue Monday foi se consolidando como verdade, principalmente nos países de língua inglesa.

[SAIBAMAIS 1]

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Psicólogos e especialistas afirmam que nenhum dia tem o poder em si mesmo de ser o melhor ou o pior do ano. “Cabe a cada um fazer de cada dia o melhor ou pior de sua vida”.

Redação O POVO Online

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente