PUBLICIDADE
Notícias

Fim das moedas virtuais? Google e Facebook proíbem anúncios sobre criptomoedas

A decisão das empresas de proibirem a publicidade de moedas virtuais em suas plataformas provocou a desvalorizações do bitcoin

14:45 | 14/03/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
O Google anunciou nesta quarta-feira 14, que está preparando mudanças para seu principal serviço de publicidade, o AdWords. A empresa anunciou que a partir de junho irá proibir anúncios referentes a criptomoedas. Assim como YouTube, todos os outros serviços da empresa devem adotar a medida.

Com o objetivo de combater “produtos financeiros sem regulação, ou especulativos.", o Facebook foi o primeiro a banir os anúncios de propagandas de criptomoedas no fim de janeiro. A proibição deve incluir “serviços de aconselhamento sobre transações, carteiras digitais, e operações de ICO, que funcionam como financiamento para a criação de novas moedas digitais.

[SAIBAMAIS]A notícia da proibição do Google motivou a desvalorização do Bitcoin, a principal criptomoeda em circulação. De acordo com o CoinDesk, a moeda digital apresentou queda de 8,7% nas últimas horas.
TAGS