PUBLICIDADE
Notícias

Cuba e Google celebram acordo inédito

A Google irá instalar servidores que eliminarão alguns dos obstáculos da internet em Cuba

09:33 | 13/12/2016
NULL
NULL

A Etecsa, empresa de telecomunicações cubana, assinou acordo com a gigante americana para permitir acesso mais rápido a conteúdos online. A Google irá instalar servidores que eliminarão alguns dos obstáculos da internet em Cuba - diminuirá a distância e o alcance terrestre do sinal online, aumentando até dez vezes a rapidez de navegação.
[FOTO1]
O acordo ente a Google e a Etecsa é um dos últimos da era Obama. Cuba tem um dos acessos online mais limitados e caros do mundo.

 
Uso da internet em Cuba:

A maioria da população não pode usar internet a partir de casa e as poucas conexões domésticas existentes são ilegais.
O Governo de Havana cobra o equivalente a um salário médio por um acesso de dez horas de Internet em pontos públicos de Wi-fi.
Hoje o servidor mais próximo a Havana fica na Venezuela, dificultando a utilização por parte da comunidade cubana.

Na política (rápidas)

Obama restaurou as relações diplomáticas entre os países depois de 50 anos.
A Google tem pretensões comerciais para a ilha.
O acesso a informação é cada vez mais cobrado e discutido pelas forças políticas cubanas.
Donald Trump, novo presidente eleito dos Estados Unidos, não confirma se manterá a política de aproximação entre os dois países.

TAGS