PUBLICIDADE
Notícias

Segredos da toga

19:32 | 23/02/2018

Os tribunais e o Ministério Público, que deveriam dar o exemplo, estão segurando dados sobre os supersalários de seus membros. A comissão especial da Câmara que irá propor o fim dos supersalários no serviço público aguarda, há sete meses, dados dos vencimentos de integrantes do MP e dos TJs. Relator da comissão, o deputado Rubens Bueno (PPS-PR) critica a letargia e diz que, com ou sem os dados, vai apresentar seu parecer. “Estaremos aptos a concluir esse relatório, votar na comissão e levar a Plenário”, afirma.

Ano do Fico

O Governo jogou a toalha. Depois do fracasso do Programa de Demissão Voluntária, (só 76 servidores se desligaram do Executivo em 2017), não vai reeditar o programa.

Haja energia

Preocupado com a privatização da Eletrobrás, seu reduto de apadrinhados há décadas, José Sarney tem visitado constantemente o quarto andar do Palácio do Planalto.

Selva!

O famoso General da reserva Antônio Hamilton Mourão vai se filiar ao PSL dia 7 em Brasília, com apoio do deputado Jair Bolsonaro, o presidenciável do partido.

Meia roda

O Comando da PM do Rio instaurou Sindicância para analisar o que gerou uma dívida de R$ 590 mil, referente a 2016, do contrato de manutenção de 2.506 viaturas adquiridas entre 2013 e 2014 junto à empresa CS Brasil. A assessoria informa que o pagamento será realizado ‘tão logo seja publicada a solução que comprove que os gastos reclamados são devidos’. O Rio tem sofrido com falta de viaturas nas ruas.

Convocação

Deputados do Rio estão pressionando o General interventor no Rio, Braga Netto, a convocar 4 mil aprovados no concurso da PM e da Polícia Civil. Seria a solução a médio prazo (após treinamentos) para melhor policiamento do Grande Rio.

Doeu, agora

O presidente Michel Temer, que agora defende a criação de imposto para financiar a segurança pública, boicotou em 2015 a proposta do Governo de Dilma Rousseff de recriação da CPMF – tributo da saúde extinto pelo Congresso em 2007.

Corpo mole

Então vice-presidente da República em início de cisão com a petista, Temer criticou a proposta e alegou, à época, que haveria muita resistência no Congresso e “que não poderia fazer nada para levar a ideia adiante”.

Quiz ..

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) enviou ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, questionário com 9 perguntas sobre a intervenção federal na segurança do Rio.

..pertinente

No ofício, a deputada indaga, entre outras questões, quais resultados das operações e missões de Garantia da Lei e da Ordem realizadas no Estado nos últimos 5 anos.

Fui!

Mesmo demitida, a ex-ministra dos Direitos Humanos Luislinda Valois vai a Genebra, na Suíça, representar o Governo em evento da ONU. Saiu no Diário Oficial sua viagem, com ônus, para 24 de fevereiro a 2 de março no país europeu. A não ser que desista.

Em defesa

Aliada do presidente Temer, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) frisa que o Governo federal tem, sim, responsabilidade sobre a crise na segurança pública no País. Mas o afaga: “Há um ano e meio (Temer) está no poder. E os Governos que passaram?”.

Gestão familiar

Cresce no País a preocupação dos patriarcas e matriarcas – e o investimento da família, também – em coach de gestão de empresas familiares. A empresária Sônia Regina Hess dará palestra no almoço-debate do LIDE Brasília, na terça, no Kubitschek Plaza.

Ponto Final

“É vergonhoso ter deputados na condição de presidiários com mandatos no Congresso”

Da ex-ministra Marina Silva, porta-voz da Rede Sustentabilidade

TAGS