PUBLICIDADE
Notícias

Rebelião

17:43 | 23/01/2018

O imbróglio envolvendo a indicação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o comando do Ministério do Trabalho chegou ao limite para parte da bancada do partido na Câmara. Deputados intensificaram ontem a cobrança para que o líder, Jovair Arantes (PTB-GO), indique outro nome para chefiar a pasta. Os parlamentares se queixam do desgaste provocado pela série de decisões da Justiça que impediram a posse de deputada. Jovair tenta conter a rebelião dos petebistas e, orientado pelo presidente da legenda, Roberto Jefferson, tem reafirmado que não vai rever a nomeação de Cristiane. Nega também boatos de que discute com o Planalto uma “saída política” para o impasse.

Pretensão

A cada nova derrota de Cristiane na Justiça, cresce a pretensão do ministro em exercício Helton Yomura de ser efetivado na chefia do Ministério do Trabalho.

Pescadores

Em encontro com pescadores e superintendentes do MT ontem, em Manaus, Yomura discursou como ministro (efetivo) e evitou comentar a decisão da presidente do STF, Cármen Lúcia, que suspendeu – novamente – a posse de Cristiane Brasil.

Plano B

Emperrou de vez a articulação do Governo para aprovar a reforma da Previdência em fevereiro. Ministros e líderes já admitem plano B: votação só em março ou início de abril.

Paisagem

Embora tenha feito cara de paisagem ao ser chamado de “golpista” e “ladrão” por um turista durante caminhada nas imediações do Palácio do Alvorada, o presidente Michel Temer não escondeu a irritação e se queixou da segurança.

Pito

Diante do “pito” presidencial, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) planeja fechar as vias de acesso aos Palácios do Jaburu e da Alvorada durante as caminhadas de Temer para evitar novo constrangimento.

Mea culpa

Em meio às mobilizações que antecedem o julgamento do ex-presidente Lula em Porto Alegre, o ex-prefeito e ex-ministro Olívio Dutra (PT-RS) faz um mea culpa sobre os erros do partido: “Poderíamos ter avançado mais se não fossem as composições (políticas) que fizemos”.

Legítimo

Dutra diz ser legítima a ‘pressão popular’ às vésperas de a Justiça decidir o futuro de Lula. “Nem chuva nem vento atrapalha nosso movimento. É legítima a pressão sobre os três poderes -, agora, mais intensa sobre o Judiciário”, afirma.

Óbitos

Por recomendação do Ministério Público, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terá que adotar o quanto antes medidas para tomar conhecimento mais rapidamente dos óbitos ocorridos em todo o Brasil.

Estelionato

O procurador da República Fernando Rocha sustenta que o objetivo da medida é impedir o chamado “estelionato post mortem” – crime no qual fraudadores continuam recebendo pensões ou aposentadorias em nome de pessoas já falecidas ou usam os dados dessas para obter novos benefícios.

Contrabando

Seis carretas com mais de 5 mil caixas de cigarro contrabandeado foram apreendidas no posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município de Jaraguari (MS).

Rota

O posto da PRF de Jaraguari fica na principal rota do tráfico de drogas e do contrabando – vindos das Bolívia e do Paraguai – que abastece os estados de Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso. É considerado um ponto estratégico no combate aos crimes transfronteiriços.

Ponto Final

“É certo que a propina do triplex do Guarujá talvez seja um dos menores crimes que Lula tenha cometido”

Do deputado Rubens Bueno (PPS-PR)

TAGS