PUBLICIDADE
Notícias

Influência política

17:11 | 18/01/2018

Funcionários da Petrobras do Rio e de Macaé estão indignados pois a empresa planeja transferir a gestão de diversos campos de petróleo do litoral fluminense da Bacia de Campos – como Roncador e Albacora Leste – para o Espírito Santo. No passado, quando comandada por dirigentes ligados ao PT e ao PMDB, a estatal já havia feito o mesmo com diversos campos do litoral fluminense para viabilizar a unidade da Petrobras em Santos. Os técnicos veem suposta influência política na transferência da gestão desses ativos.

Reestruturação

À Coluna, a Petrobras nega influência política e posiciona que o Conselho de Administração da empresa aprovou em outubro de 2017 a reestruturação nas áreas operacionais de Exploração de Produção e de Refino e Gás Natural

Economia

A empresa sustenta que haverá uma economia de 35 milhões por ano e redução de 11% no número de funções gerenciais, “mas nenhuma demissão irá ocorrer”.

Bala na agulha

O advogado Bruno Espiñeira afirma que o cliente, Lúcio Funaro, está disposto a arcar com os custos de qualquer técnico da Justiça que queira fiscalizar a residência onde o doleiro cumpre prisão domiciliar, em Vargem Grande do Sul (SP).

Pontos cegos

A Coluna antecipou que o juiz federal Ricardo Leite, da 10ª vara, em Brasília, detectou que as câmeras que monitoram Lúcio Funaro não abrangem toda a área da mansão-prisão do doleiro.

Apadrinhada

Indicada pelo subchefe para Assuntos Jurídicos (SAJ) da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha, Christianne Dias Ferreira, foi nomeada ontem diretora-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA). Ela também foi ex-assessora de Rocha Loures, o ex-deputado da “mala”, atualmente em prisão domiciliar.

Repúdio

Em nota de repúdio, a União Nacional dos Servidores de Carreira das Agências Reguladoras Federais (Unareg) afirma que o “currículo de Christianne indica muito pouca familiaridade com a gestão de recursos hídricos”.

Do time

O juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, que barrou a nomeação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o Ministério do Trabalho é do time de Sérgio Moro, que comanda as investigações da Lava Jato em Curitiba.

Manifesto

Em 2016, à época da nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil, também barrada pela Justiça, Leonardo Costa assinou o manifesto de apoio a Moro por um “poder Judiciário independente e autônomo que não se curva a condutas ilícitas e anti-republicanas”.

Gargalos

O coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Turismo, deputado Herculano Passos (PSD-SP), afirma que, para superar os gargalos do setor, o Congresso Nacional precisa agilizar a criação da Agência Brasileira de Promoção do Turismo e atualizar a Lei Geral para definir novas atribuições do Governo Federal.

Capital estrangeiro

O deputado também vê como “bem-vindo para o turismo” o projeto que eleva de 20% para 49% a participação do capital estrangeiro no controle das empresas aéreas brasileiras: “Vai baixar o preço da passagem aérea porque haverá uma concorrência maior e o turista poderá fazer turismo interno”.

Empreendedorismo

Em 2017, a Chevron Brasil investiu mais de US$ 400 mil em três projetos sociais com foco em empreendedorismo e educação. Capacitou 520 jovens e mulheres na cidade do Rio de Janeiro, norte fluminense e parte do Espírito Santo.

Agenda social

A empresa já beneficiou cerca de 29 mil pessoas desde 2012 com investimentos de cerca de US$ 7 milhões em iniciativas sociais.
Ponto Final

“A reforma da Previdência é urgente para que a crise dos Estados não se agrave”.

Do ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco (PMDB)

TAGS