Participamos do

Crise Caixa

17:36 | Jan. 22, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A crise na Caixa Econômica Federal, agravada com o recente afastamento de quatro vice-presidentes, reforça a necessidade de melhoria na administração das empresas públicas. A afirmação é do consultor da organização Transparência Internacional, Fabiano Angélico, ao criticar o loteamento de cargos por partidos políticos. “Tem que haver uma reforma na maneira como se indicam os dirigentes. Isso não pode ser um ato completamente discricionário do presidente da República. Esse processo deveria ter um envolvimento do corpo técnico ou um comitê – algo mais plural e mais amplo – das estatais”, defende.  

Ente público

Fabiano Angélico também defende maior transparência nas ações e clareza nas atribuições das estatais: “Elas (empresas públicas) precisam se posicionar como um ente público que deve prestar contas à sociedade”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ofensiva Maia

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), usa o poder para tentar atrair deputados federais e estaduais para o DEM na janela do troca-troca partidário.  Tem oferecido toda a estrutura do partido nos Estados dos assediados e até financiamento de campanha.

Circuito Miami-Nova York

Dezenas de deputados e senadores estão no circuito Miami-Nova York. Inclusive os investigados na Lava Jato. Como não têm paz ao andarem por aqui, curtem as férias por lá. Mas não deixam de ser reconhecidos.

Equivocada

Advogado Marcos Chehab Maleson classifica como “equivocada” a decisão do vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, que autorizou a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) no comando do Ministério do Trabalho.

Competência

Autor da reclamação no STF para reverter a decisão do STJ e dirigente do Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Mati), Chehab afirma à Coluna que o ministro Humberto Martins extrapolou sua “competência funcional”: “A ação trata da afronta ao princípio da moralidade e quem é o guardião da Constituição é o STF”.

Regalia

Dono de apartamento, sala comercial e sítio, o deputado Federal do Distrito Federal, Rogério Rosso (PSD) ocupou, no ano passado, imóvel funcional da Câmara dos Deputados.

Outro lado

Rosso afirma que ficou no imóvel da Câmara pelo período (um mês) em que seu apartamento “estava em reforma” e encaminhou à Coluna ofício de entrega datado de 26 de dezembro. No sistema de Transparência da Câmara, no entanto, o deputado ainda consta como ocupante do apartamento funcional desde outubro de 2017.

Sede

A União Nacional dos Estudantes vai transferir hoje sua sede de São Paulo para o Rio Grande do Sul, onde o ex-presidente Lula será julgado na quarta-feira, 24. Em 1961, em meio à Campanha da Legalidade, a entidade também migrou para a capital gaúcha após a renúncia do presidente Jânio Quadros.

Prisão

O Movimento Direita São Paulo, seguidor do presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ), dá como certa a prisão do ex-presidente Lula. Convocou simpatizantes para a “festa de comemoração da prisão” na quarta-feira, 24, em Araraquara.

Praga ao volante

Nos casos recentes dos acidentes com mortes no Rio (bebê, em Copacabana) e em Brasília (casal de idosos, no Lago Norte), a Polícia deveria investigar também a suspeita de uma doença que tem acometido vários motoristas ao volante: a praga do Whatsapp.

Legalidade

Integrantes do Movimento Legalidade, da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), as prefeituras de São Paulo, Recife, Campinas e Porto Alegre intensificaram a fiscalização e o combate ao contrabando, à falsificação e à pirataria nos centros comerciais.

Ponto Final

“Deixem o Judiciário trabalhar e tomar com independência sua decisão”

Do deputado Bentinho Gomes (PSDB-PE), sobre o julgamento de Lula

______________________


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente