PUBLICIDADE
Notícias

A tropa de Rodrigo Maia

16:51 | 11/07/2017

Um jantar em Buenos Aires com colegas foi um festival de bajulação ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sucessor natural de Michel Temer no Palácio caso o presidente caia. Porta-vozes de seus partidos, Benito Gama (PTB), Rogério Rosso (PSD) e Jarbas Vasconcelos, da ala independente do PMDB, se colocaram à disposição de Maia num eventual Governo seu. Cartas à mesa, querem manter seus ministérios e cobiçam outros. Questionado pela Coluna, Roberto Jefferson, presidente do PTB, jura que está com Temer, mas admite que não descarta eventual aliança com Maia.

Contra-ataque

A deputada federal Cristiane Brasil, filha de Jefferson, ficou até 23h com Temer e outros deputados no Alvorada, domingo, redigindo seus votos de defesa do presidente.

Muito seguro

Com o relatório pela admissibilidade da denúncia, Temer está seguro de que barra sua guilhotina na CCJ e no plenário. A conferir.

Ideologia 1

Veja como a ideologia está a cada dia mais forte presente na política – e em especial além dela, na grade curricular ou nas mesas de debates. A Universidade Federal da Fronteira Sul, com campus em Erechim, Chapecó e Passo Fundo, vai promover curso de Pós-Graduação “A Esquerda no Século X XI”. Jandira Feghali e Dilma Rousseff são algumas das professoras. Um dos organizadores é a Fundação Perseu Abramo, do PT.

Ideologia 2

Mato Grosso do Sul vai sediar dias 22 e 23 de setembro o II Encontro Conservador do Estado – “O Conservadorismo e a Nova Ordem Mundial”, organizado pelo Instituto Iniciativa. Entre os palestrantes, Dom Bertrand de Orleans e Bragança, um dos príncipes herdeiros da família real portuguesa.

Viva o Brasil

São válidos os dois debates e o interesse público por eles. Sinal de amadurecimento democrático no País.

Discrição

Chama a atenção de outros alcaides a total discrição do prefeito Marcelo Crivella, do Rio de Janeiro. Não concede entrevistas, evita holofotes e oba-oba midiático, ao contrário do antecessor. Isso o tem blindado de críticas e ataques gratuitos.

Pelo pacífico

Cresceu no Governo a pressão para a construção da ponte Brasil-Paraguai entre Porto Murtinho (MS) e o país vizinho. Trata-se do corredor bioceânico Argentina, Brasil, Chile e Paraguai. A ideia é baratear (e muito) a exportação de escoamentos de produtos brasileiros através dos portos do Chile pelo Pacífico para a China, Rússia e Japão.

Ô da cela!

Depois da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, que suspenderam atividades por falta de dinheiro, será a vez de os agentes penitenciários darem dor de cabeça ao ministro da Justiça, Torquato Jardim.

Risco de rebelião

A categoria estuda, internamente, retomar paralisações em todo o País – inclusive no Complexo Penitenciário da Papuda – para cobrar reajuste salarial, aumento nas contratações e melhores condições de trabalho.

Mudos

A crise que atingiu Temer paralisou as atividades do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o chamado “Conselhão”. Formado por 96 integrantes – entre grandes empresários, artistas e presidentes de confederações e federações – o grupo se reuniu apenas duas vezes e tinha reunião prevista para maio, cancelada.

MP x AGU

A Advocacia-Geral da União terá que dar uma resposta ao Ministério Público Federal sobre a “correta” divulgação individualizada de quaisquer verbas recebidas pelos advogados, procuradores federais e procuradores da Fazenda da União.

Valor ‘por cabeça’

“Em flagrante ofensa ao princípio da publicidade, a AGU não disponibiliza em seu site informações sobre os valores individualizados referentes aos honorários advocatícios devidos aos titulares dos cargos de Advogado da União”, aponta o MP.

Saldo no azul

De janeiro a maio, o valor total recebido pelo Conselho Curador dos Honorários Advocatícios (CCHA) totalizou mais de R$ 230 milhões no País. Segundo o MPF, a verba honorária não integra os valores nas folhas de pagamento na internet.

AGU contra-ataca

Em resposta, a AGU avisa que “a Secretaria-Geral de Administração publica mensalmente os valores que são repassados ao CCHA. Essas informações são públicas e de fácil acesso no link < http://bit.ly/2uGpDul >

Duas mesas

Logo após tomar um café da manhã com Temer no Jaburu, Rodrigo Maia e seleto grupo almoçaram domingo na casa do vice-presidente de Relações Institucionais da Globo, Paulo Tonet, segundo fonte que participou. Estavam lá também os deputados Fernando Monteiro (PP-PE) e seu tio, ministro do TCU, José Múcio; Heráclito Fortes (PSB-PI), o ministro Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), e o chefe da Casa Civil do Governo do Espírito Santo, José Carlos Fonseca (ex-deputado federal, pelo antigo PFL).

TAGS