PUBLICIDADE
Notícias

Paulistas lideram regularização de ativos

12:00 | 15/02/2017

Os moradores do Estado de São Paulo lideram a regularização de dinheiro não declarado e depositado no exterior, seguindo a lei 13.254. Segundo levantamento da Receita Federal para a Coluna, eles são mais de 60% das 24.850 pessoas que aderiram ao programa, que prevê 30% de arrecadação para a União – 15% de Imposto de Renda e 15% de multa, para quem quiser repatriar. Já foram ‘encontrados’ lá fora, em vários paraísos fiscais, cerca de R$ 156 bilhões. E a Receita já arrecadou até ontem R$ 46,8 bilhões, dentro da meta de R$ 50 bilhões estipulada pela União. A regularização, com ou sem repatriação, livra o cidadão de processos criminais.

O vice
Na consulta prévia, os moradores do Rio de Janeiro são vice-líderes em regularização das contas não declaradas no exterior. Respondem por 20% dos registros.

Porteira aberta
A Receita informa que há também “contribuintes do Rio Grande do Sul, Paraná, Minas, Pernambuco, Bahia, Santa Catarina, Pará, Ceará e do DF, sem listar o montante.

PJ’$
Até o momento, 96 grandes empresas, as chamados Pessoas Jurídicas, também aderiram ao programa ao chamado Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária.

Bomba! ...
No último dia 3 a refinaria da Petobras em Senador Canedo (GO), de acordo com nota fiscal emitida, vendeu 162 mil litros de combustível para a estatal petroleira YPFB, da Bolívia, por R$ 1,61 o litro da gasolina. Ganha o povo boliviano, que paga praticamente a metade do que é cobrado na bomba dos postos brasileiros.

...No seu bolso
Questionada sobre o preço generoso, a assessoria da Petrobras informou que “possui um contrato vigente” e que “os preços médios de exportação para a Bolívia estão alinhados ao preço da venda no mercado interno em Senador Canedo, sem tributos”, e ainda que “não há incidência de tributos na exportação de derivados”.

Presentão
Ou seja, mais uma vez, quem paga é o brasileiro, que, pelo visto, está subsidiando a gasolina para o povo Hermano. Além disso, outro presente: o litro do óleo diesel para os bolivianos está saindo da refinaria a irrisórios R$ 0,80.

Indulto, não!
A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) pedirá hoje pessoalmente à presidente do STF, Cármen Lúcia, que a Corte interceda para rever indulto que extinguiu a pena do ex-prefeito de Coari (AM), Adail Pinheiro. Ele foi condenado a 11 anos e 10 meses por exploração sexual de crianças e adolescentes.

Canetada
Acusado de ser chefe de uma rede de prostituição infantil no Amazonas, Adail foi beneficiado por decreto assinado no final de 2016 pelo presidente Michel Temer.

Silêncio
Nota-se o silêncio ensurdecedor dos órgãos de direitos humanos e defesa das mulheres no Governo federal sobre o caso do político de Coari.

Mão na pá
A Justiça negou prisão em regime semi-aberto para o ex-deputado federal André Vargas (ex-PT-PR), detido no Paraná. Vargas continuará detido na Colônia Penal Agroindustrial, onde faz serviços de capina e, nas folgas, comanda rodada de carteado.

Perdeu, doutor
Brigado com o vice, o governador Fernando Pimentel (PT), de Minas, dificultou a Toninho Andrade o uso dos jatinhos do Governo para viagens oficiais para fora do Estado. O peemedebista voou para Brasília ontem num comercial da Azul.

E La nave va
O federal Osmar Serraglio (PMDB-PR), amigo e ex-aluno de Michel Temer, tornou-se o favorito para o Ministério da Justiça, mas não tem o apoio da bancada. E o indicado da bancada, Rodrigo Pacheco (MG), passa por uma fritura no Congresso.

Ponto Final
Jair Bolsonaro anda tietado. Mal colocou o pé fora do gabinete ontem à tarde e foi cercado. Foram oito selfies em dois minutos. Não significa que são eleitores.

TAGS