PUBLICIDADE
Notícias

Alvos mapeados

12:00 | 20/05/2016
Não ficou só na promessa o discurso de Aristides Veras, diretor da Contag – Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura, financiados por anos pelo PT. Em abril, ele incendiou o Palácio do Planalto ao gritar, ao lado de Dilma Rousseff, que os movimentos vão invadir propriedades rurais de políticos que apoiaram o impeachment. O mapa das fazendas já está pronto. O Sul será o primeiro alvo.

Ao leitor atento
Valdemar da Costa Neto anda magoado. Dos mensaleiros, foi o único que não conseguiu perdão do STF, porque a ex-mulher barrou, por litígio judicial em andamento

Cultura nacional
Inegável dizer que o patrimonialismo é cultura estatal. Na despedida do Ministério da Cultura, Juca Ferreira deu tchau para um auditório lotado por 200 assessores.

Resistência
Mendonça Filho herdou o Ministério da Educação de mãos atadas. Uma operação tartaruga dos servidores alinhados ao PT revela o motim diário.

Sem esperança
Um dos 22 senadores que esteve com a presidente afastada Dilma Rousseff há dias, para avaliar o cenário do impeachment no Senado, confessou à Coluna: “Estamos naquela fase ‘a esperança é a última que morre’”, ao insinuar que a própria petista acha pouco provável reverter o jogo no plenário.

Lupa neles
O senador Magno Malta encabeça proposta de criar CPI da devassa nos contratos do Ministério da Cultura. Quer apurar conexões das renúncias fiscais para projetos artísticos e a sangria de dinheiro da Petrobras – a maior patrocinadora das artes.

Arrependimento 1
O presidente Michel Temer coleciona arrependimentos em menos de 10 dias no cargo. Um deles, o de ter colocado ‘lavajatianos’ no primeiro escalão. É alto risco de expor seu Governo nas páginas policiais.

Arrependimento 2
Temer também se arrependeu de não ter seguido seu plano inicial: manter o Ministério da Cultura, sob comando de Francisco Wefort, ex-ministro de FHC.

O corajoso
Apareceu um corajoso ontem à noite para presidir a Petrobras. É Pedro Parente, que estava desempregado. Foi o ‘ministro do apagão’ de FHC.

Da terra
A Operação TurboCred da PF pode pegar em cheio a gestão do vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, irmão do senador Alvaro Dias. Foram feitas buscas e apreensão em Ribeirão Preto, Curitiba (terra de Osmar) e na sede do BB em Brasília.

Barba 2018
O ex-ministro José Eduardo Cardozo fez as pazes com Lula e está em franca campanha pelo Barba. “É o melhor nome. E nós nunca brigamos”. Para Cardozo, Dilma cometeu um único erro: “Ter confiado em pessoas que não merecia confiança”, sem citar nomes.

Cegueira camarada
Ídolo e convidado “de honra” de fóruns sociais idealizados pelo PT, o escritor americano Noam Chomsky assumiu o posto de porta-voz internacional do ‘golpe’. “Dilma Rousseff é talvez a única política que não roubou para se beneficiar”, tem dito.

Xerife
Leandro Daiello, diretor geral da PF, avisa que não negocia com José Eduardo Cardozo abertura de escritório de advocacia caso deixe o comando da Polícia.

Ponto Final
“Quem perdeu a mamata não adianta chorar”.
Do senador Magno Malta (PR-ES), que propala em plenário o ‘fim da era PT’

Com Walmor Parente e Equipe DF, SP e Nordeste
TAGS