PUBLICIDADE
Notícias

Torcidas organizadas

12:00 | 12/02/2016
Um clima de guerra urbana começa a tomar os bunkers dos dois lados em São Paulo. O PT convoca militantes e movimentos sociais para formar torcida na porta do Fórum da Barra Funda dia 17, quando o ex-presidente Lula vai depor, alvo da Lava Jato. “Lula é meu amigo, mexeu com ele, mexeu comigo” será a frase nas faixas e camisas de integrantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST). Do outro lado, PSDB e representantes do movimento Vem Pra Rua disseminam a convocatória nas redes sociais e aplicativos telefônicos.

Contra-ataque

O ex-presidente baixou a ordem aos seus advogados, ministros e parlamentares para responderem de imediato uma a uma as denúncias que jorram contra ele.

Chefe do time

“Vamos! Todos juntos em defesa da democracia e de Lula!”, grita o novo líder do PT na Câmara, Afonso Florence (PT-BA). Só falta o pompom e a coreografia.

‘Terrorismo’

Da goleira da seleção feminina dos EUA: “Se eu tivesse de fazer escolha hoje, eu não iria (para as Olimpíadas). Eu nunca correria o risco de ter uma criança sem saúde”.

Deu no mesmo

O Governo se viu pressionado a um recuo vexatório com as decisões favoráveis no STF às ações promovidas pelo PT e PPS pró-prefeitos. Mesmo com os pleitos atendidos no decreto baixado ontem sobre o índex e a renegociação das dívidas com a União, os alcaides vêem o episódio como simbólico. Não houve solução, todos continuam falidos.

Novo PT?

É séria e avança a frente entre mandatários do PT para criar um partido mais à esquerda do atual, que “sintetize as bandeiras da cidadania e da ética”. Os dissidentes são das correntes Articulação de Esquerda, Avante, Brasil Socialista e Militância Socialista.

Pegou geral

As consequências mostram que não é implicância o decreto do governador do Maranhão, Flávio Dino, que excluiu o nome de José Sarney de edificações públicas. O pai do governador, Salvio Dino, dá nome a mais de dez instituições, e será ‘desonrado’.

Até Gullar

Completa a lista o irmão do governador, o procurador federal Nicolau Dino, que dá nome a escola em Itinga. E até o poeta Ferreira Gullar viu o seu riscado de um colégio.

Observatório

Enquanto crescem manifestações de estrangeiros que temem vir ao Brasil, o Itamaraty observa. O ministro Mauro Vieira foi convocado a combater o mosquito.

Turismo x Zika

Preocupa e muito o Governo a ameaça de iminente refluxo de turistas por causa da epidemia de Zika. O ministro Henrique Alves foi orientado a frisar em pronunciamentos que “não é necessária medida restritiva de viagem para o Brasil”.

Boné deu tititi..

O TCE ratificou irregularidade no pagamento de R$ 100 mil pela prefeitura de Apucarana (PR) a merchandising de boné na novela “Ti Ti Ti” da Globo em 2010/11. Em suma, o povo da cidade, que sofria na Saúde, pagou o acessório de um personagem

Só passeio

É passeio puro a ida de comitiva do Governo do DF aos Estados Unidos para ‘estudar’ como não capotar viaturas da PM. Os casos com o modelo Hilux são recorrentes no Ceará. Semana passada, um policial de Brasília morreu num acidente.

Tragédia na gestão

Este passeio pago pelo cidadão de Brasília lembra o da comitiva da Secretaria de Transportes do Estado do Rio, que foi a Lisboa conhecer como funciona o bondinho elétrico. Dois anos depois da expedição, o bonde de Santa Teresa continua inativo.

Nos trilho$

Sabe quem domina as empresas de ônibus e bondes em Lisboa? A família de Jacob Barata, do Rio. Segundo o caso SwissLeaks, ele tem US$ 150 milhões em contas.

Ponto Final

Um gaiato reparou. O ex-presidente da Assembleia Legislativa do MT José Riva, preso, está a cara do renomado Henrique Meirelles, ex-BC e ficha-limpa.

Com Walmor Parente e Equipe DF, SP e Nordeste
TAGS