PUBLICIDADE
Notícias

Brasil sacoleja no pau-de-arara

12:00 | 29/12/2015
No moderno século 21, quando tanto se discute segurança no trânsito, o governo está prestes a legalizar o ‘pau-de-arara’, os caminhões de variados tamanhos que carregam como animais os lavradores, romeiros e famílias inteiras, em especial no Nordeste. É o que informou a seus fiéis Dom Fernando Panico, da Diocese do Crato, aliado do líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT). O petista é o entusiasta da ideia de pressionar o Ministério do Transporte a baixar portaria. A ANTT e a Polícia Rodoviária Federal fecharam o cerco nos últimos meses e apreenderam dezenas de caminhões.

Tradição perigosa
Nestes caminhões, adultos e crianças sentadas lado a lado, à beira da carroceria, sem qualquer equipamento de segurança. Lula veio num de Garanhuns para SP. Há 60 anos.

Conta outra
Segundo Guimarães, após a legalização do pau-de-arara como ‘patrimônio imaterial’ do Brasil, o projeto é abrir crédito nos bancos para motoristas comprarem vans.

Fé na caneta
A Igreja faz forte lobby no Congresso e no ministério para a canetada da legalização. Milhares de romeiros deixaram de viajar a santuários, com o aperto da fiscalização.

Segue a batalha
A batalha verbal começou no Rio e se espalhou. Em Brasília um grupo da direita programou para ontem à noite protesto contra as posições partidárias de Chico Buarque, declarado admirador do PT. Foi no Mercadinho da 509 Sul, reduto de petistas fundado pelo saudoso Jorge Ferreira, que era compadre de Lula. A turma promete continuar.

Saúde no saldo
A União liberou R$ 30 milhões, que estavam represados há meses, para cobrir o plano de saúde e odontológico de funcionários da Agência Nacional de Transportes Terrestres. Nem todos receberam o ressarcimento no contra-cheque.

Roseana Exportações & Inc.
O titular da desidratada secretaria de Saúde do Distrito Federal, Fábio Gondim, foi importado da antiga gestão de Roseana Sarney no Maranhão. Gondim foi secretário de Planejamento dela. Trouxe a tiracolo José Leite, ex-secretário adjunto de Saúde.

Don Bigode
A dupla na Saúde do DF é prova de que mesmo sem mandato o ex-presidente José Sarney emplacou na gestão Rollemberg (PSB). Sarney saiu da política, mas não abandonou o Poder. Despacha de escritório particular perto do Congresso Nacional.

Que golpe ?
Por devoção ao cargo, empregados na Esplanada, em especial comissionados ligados a partidos da base, estão em campanha nas redes sociais citando em posts a frase “Não vai ter golpe”. Muitas equipes foram liberadas no dia da manifestação pró-Dilma.

Balança comercial
No País das commodities agrícolas: Superintendente da Conab em SP, Manoel Mário de Souza Barros foi empossado a convite da embaixatriz Mariana Bahia, presidente da Câmara Internacional de Negócios, como novo diretor do Agronegócio no Brasil.

Ponto Final
Há uma lacuna perigosa na recém-sancionada Lei do Direito de Resposta pela presidente Dilma. A quem e de que forma pode recorrer o jornalista ofendido com termos à altura de “pilantra” e afins? Por muito menos, jornais, emissoras de rádio e TV estão tendo que se retratar por “ofender” ou “denegrir a imagem” de autoridades.

Com Equipe DF, SP e Nordeste
TAGS