PUBLICIDADE
Notícias

TCU vai fiscalizar Itaipu. Advogado da usina é filho do presidente do tribunal

12:00 | 02/06/2015
Uma toga-justa no Tribunal de Contas da União. No dia 29 de abril, o Acórdão 1014/15 do TCU decidiu que o Tribunal vai passar a fiscalizar as contas da Usina Binacional Itaipu, uma demanda de anos de órgãos de transparência. Ocorre que o novo advogado de Itaipu é Tiago Cedraz, filho do presidente do TCU, ministro Aroldo Cedraz. Então vice do tribunal, Aroldo visitou as instalações da usina em 2013, e meses depois a direção da empresa decidiu trocar o advogado Eduardo Ferrão pelo jovem advogado.

Impedimento
Tanto o TCU quanto Itaipu não vêem conflito de interesse no caso. O ministro Cedraz deve se dizer impedido de votar, discutir ou relatar as contas, devido ao parentesco.

Pente fino
A Eletrobras deve preparar relatório a ser enviado à Corte pela Secretaria de Controle Externo. O Item 9.4 cobra detalhes das ‘Despesas de Exploração’, e o 9.6, auditorias.

Águas torrentes
A assessoria de Itaipu informou que não há relação entre a visita do ministro à usina (na qual foi recebido pelo setor jurídico) com a escolha de Tiago Cedraz para advogado.

Radiografia
Em 2013, Cedraz apresentou ao TCU lista de 59 advogados. Se diz impedido de julgar ação que tenha os nomes como partes, inclusive o do filho. Tiago advoga também para o Partido Solidariedade. E seu escritório atuou como parte na frustrada tentativa de venda de refinaria da Petrobras na Argentina. Receberia US$ 10 milhões em honorários.

Enfim, a lupa
Não é de hoje que há cobrança para que TCU fiscalize Itaipu. O deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) já pressionou. Desde 2003 uma ação civil pública do MPF, que chegou ao STF, visa ‘condenar’ o tribunal a fiscalizar as contas da usina. Procurado, Tiago Cedraz informou que não há conflito e que ‘caberá ao STF decidir a questão’.

Lua de Mel
Tudo está lindo no Brasil, a economia vai bem e a política sem crises entre instituições. Por isso o presidente do Senado, Renan Calheiros, vai passar dois dias de passeio com a esposa em Paris, na volta da visita oficial a Moscou nesta semana.

Coisa do tinhoso?
‘Pastinhas’, mocinhas contratadas, recolhem assinaturas de deputados de apoio a projeto de lei que proíbe missa campal, procissão, Marcha para Jesus e afins.

Rebate
A Infraero estuda ação contra o presidente Associação dos Empregados, Alex Fabiano, que registrou carta temendo por sua vida e acusando diretores de perseguição.

Pedido de visita..
Aliados de Marconi Perillo (PSDB) estão surpresos com a desenvoltura do governador de Goiás em Brasília. Passada uma desconfiança no primeiro governo, agora Dilma caiu nas graças dele e deu carta branca para que transite de portas abertas nos ministérios.

..e café servido
Marconi conquistou promessas de dois deles: Eliseu Padilha (Aviação) deve ajudar na construção de viaduto na região do Aeroporto de Goiânia. Berzoini (Comunicações) vai cobrar das operadoras investimento pesado em banda larga para o Estado.

O clone
Neste 2014 que seria o centenário de Carlos Lacerda, uma raposa lembrou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, é a versão moderna do famoso político: ‘Destemido, desafiador, polêmico, vai pra cima. Só não é um grande orador’.

Farra do aluguel
Em tempo de crise na economia e cortes no Orçamento, outro órgão da União alugou a segunda das quatro torres erguidas pela Confederação Nacional do Comércio na Asa Norte. A Defensoria da União ocupa um edifício ao custo de R$ 1,4 milhão por mês.

Classificados
A Procuradoria da Fazenda alugou o bloco vizinho pelo mesmo valor. A CNC tem mais duas torres novas para alugar. A entidade já aluga também outros dois prédios para a Capes e o Banco do Brasil.

No mais..
É a prova de que a entidade entrou num mercado rentoso em Brasília: aluguel de edifícios para órgãos do governo federal.

Ponto Final
CNNB, FEB, evangélicos promovem hoje a Marcha Nacional da Cidadania pela Vida contra o Aborto, em protesto contra o PL 882/15 que legaliza, do deputado Jean Wyllys.

Com Equipe DF, SP e Nordeste
TAGS