PUBLICIDADE
Notícias

Brasil se recredencia para anti-dopagem nos Jogos

12:00 | 10/05/2015
A presidente Dilma Rousseff vai reinaugurar na Universidade Federal do Rio de Janeiro o Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem (LBCD), uma exigência do Comitê Olímpico Internacional para a realização dos Jogos 2016 no Rio. O ministro do Esporte, George Hilton, está em Montreal, no Canadá, para fechar a parceria com a World Anti-Doping Agency (WADA), e anunciará o recredenciamento do LBCD na quarta-feira. O Laboratório da UFRJ havia sido descredenciado em 2012 por falhas nos equipamentos.

Reequipado

Na maratona contra o tempo para reativar o LBCD até os Jogos do Rio, o Governo comprou equipamentos modernos e contratou especialistas.

Testes

O LBCD da Universidade será o laboratório anti-doping oficial dos Jogos. E fará mais de 2.500 testes em atletas de variadas competições até o fim deste ano.

Bastidores da oposición

A passagem das venezuelanas Mitzy Capriles e Lilian Tintori pelo Brasil há dias esconde um pouco de um racha da oposição no país vizinho. Esposas de Antonio Ledezma e Leopoldo Lópes, respectivamente, elas dividiram holofotes no Congresso Nacional e em São Paulo, mas são peças no jogo de xadrez dos opositores a Maduro.

O patrocinador

Quem trouxe as mulheres foi o ex-embaixador da Venezuela no Brasil Milos Alcalay. Ele é entusiasta da candidatura de Ledezma para presidente contra Nicolas Maduro. Levou a esposa dele, Mitzy, a José Sarney e José Serra, e ofuscou Lilian.

Ditadura civil

Ex-candidato a presidente, Leopoldo está preso há mais de um ano pelo regime Maduro. Ledezma, atual prefeito de Caracas, foi arrancado do gabinete meses atrás pela polícia do presidente sob acusação de articular golpe. Estão presos por serem opositores.

Prévia em Lima

Há uma aproximação clara com o PSDB no Brasil. Mês passado o senador Aécio Neves se reuniu com Mitzy e Lilian em Lima, no Peru.

Assembleia geral

Renan Calheiros vai reunir governadores dia 20 em Brasília para debater o ajuste fiscal. O federal Danilo Forte (PMDB-CE) foi convidado para palestrar sobre pacto federativo.

Voz de Brizola

Ex-ministro, Brizola Neto reuniu-se com a bancada do PDT na Câmara antes de a turma votar em peso contra a MP 665 (mudanças no Seguro Desemprego), na qual o partido saiu como ‘traidor’ do Planalto. Neto disse que Brizola se orgulharia do PDT.

TV do Cléber

O ‘diretor’ Cleber Verde, deputado federal do PRB do Maranhão que está mandando na TV Câmara (promessa de campanha) com o aval do presidente Eduardo Cunha, pretende acabar com os programas culturais da grade que não exibem os deputados.

Circo federal

Um artista num monociclo ganha a vida no semáforo em frente ao Ministério do Turismo. Brasília é um circo a céu aberto: tem equilibrista (para não cair no próprio truque), palhaços, animais (no trânsito) e mágicos (que fazem seu dinheiro sumir).

Pau na rede

Não chamem para um vinho o cardeal Dom Odilo Scherer e o filósofo Olavo de Carvalho. Este atacou a CNBB como comunista, por defender o MST, e chamou o cardeal de mentiroso. Dom Odilo rebateu em artigo, mas com classe.

Profecia do padre

Ainda sobre a turma da batina, veja a acidez do texto do padre Genésio, no site Fratres in Uno, sobre o PT: ‘Completamente desmoralizado, repudiado veementemente nas ruas, o PT não conseguirá se reeleger em 2018’. A conferir.

Calma, santidade

Segundo o padre, no artigo que causa polêmica, ‘A única alternativa que lhes resta é dar um Golpe de Estado, ou seja, suspender as instituições democráticas’

Ponto Final

Críticas, sugestões, denúncias: envie-nos e-mail para reportagem@colunaesplanada.com.br

Com Equipe DF, SP e Nordeste
TAGS