PUBLICIDADE
Notícias

Pimentel & Aécio

12:00 | 14/12/2014

Em conversa reservada há poucos dias, durante longa reunião no apartamento do tucano no Leblon, no Rio, o governador eleito de Minas, Fernando Pimentel (PT), e o senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB) fizeram um trato de cavalheiros. Nada de olhar para trás. Em outras palavras, o recado de Pimentel foi claro: se o tucano exagerar no ataque à presidente Dilma e ao PT, o novo governador fará devassa nas contas de sua gestão e do sucessor Antonio Anastasia. Isso explicaria o fato de Aécio, após convocar nas redes sociais protesto para sábado passado, não ter dado as caras nas ruas.


Chocado
Aécio apresentou ao País o inovador ‘choque de gestão’ no governo de Minas. O enxugamento deu certo por alguns anos, mas hoje o Estado é um dos mais endividados.


Mineirão
Na Assembleia de Minas, tem deputado querendo a CPI do Mineirão, sobre as caras obras de reforma do estádio. Mas Pimentel vai segurar a turma.


Vaivém
Aécio também já descobriu o gosto amargo da traição. Alguns deputados até ontem da sua base agora são petistas desde que Dom Pedro soltava pipa.


Brasil pitoresco
Não é só artista e esportista. Veja como a escolha de nomes de bebês também é influenciada pelo Poder. Em Goiás, um caso raro e curioso: um pai eleitor do então governador Iris Resende batizou o filho de Iris Aurélio. O menino cresceu, virou político e se elegeu prefeito de Cristianópolis. Mas agora aliado do governador Marconi Perillo – adversário do velho Iris – o prefeito Iris batizou o filho de Marconi Aurélio.


Tá fácil demais
Com o mico de Aécio ao convocar protestos e dar a cara em praia de Santa Catarina no dia marcado, petistas brincam que Dilma vai lançar o ‘Mais Oposição’: importará os opositores venezuelanos de Nicolas Maduro, que realmente vão para as ruas.


Só tem santo
Causa estranheza entre os advogados das empreiteiras não ter ninguém da Odebrecht preso e indiciado na Operação Lava Jato, a despeito dos contratos bilionários com a Petrobras. A PF pediu a prisão de dois diretores, mas o juiz Sérgio Moro não autorizou. Houve apenas mandados de busca e apreensão. E segue o mistério.


Tal filho..
Rodrigo de Castro, o deputado federal que figura há duas eleições entre os mais votados de Minas, é o candidato de Aécio a prefeito de Belo Horizonte.


..tal pai
É filho do manda-chuva Danilo de Castro, ex-presidente da Caixa na Era Itamar Franco e chefe da Casa Civil nos oito anos de governo Aécio no Estado.


Moeda de barganha
O futuro ministro da Fazenda, Joaquim Levy, levou numa boa a condição da Comissão Mista de Orçamento de votar a LDO 2015 só se ele comparecer a reunião fechada com os parlamentares. O clima no Planalto é de otimismo. A LDO será votada na quarta.


Terra No$tra
Quando tudo dá certo na invasão de terras, cada sem-terra pode receber R$ 40 mil do Incra e mais 10 hectares de terra numa desapropriação, conta um produtor rural de Goiás. O problema é que, contra a lei, muitos sem-terra depois loteiam os 10 hectares.


PT x PDT
José Lopez Feijó, presidente da petista CUT entre 2009 e 2012, faz campanha para ocupar o Ministério do Trabalho no lugar de Manoel Dias. A pasta desde 2004, na gestão Lula, é da cota do PDT. Fiel a Dilma apesar da queda do cacique Carlos Lupi.


Hopi Hari
A crise financeira do famoso Parque Hopi Hari, na grande São Paulo, chegou ao ápice e a direção discute fechá-lo definitivamente. Um grupo de investidores está tentando adquirir o negócio pelo valor das dívidas para tentar uma operação de resgate.


Fundos
Os fundos de pensão estatais Previ (BB), Funcef (Caixa) e Petros (Petrobras) investiram pesado anos atrás no Hopi, e venderam em 2009 com prejuízo para outra empresa.


Tem peito
Bolsonaro não mete medo em todo mundo. O deputado Miro Teixeira (PMDB-RJ) mandou um ‘fica na tua!’, respeitosamente, mas sério, para o deputado-militar.


Ponto Final
‘E vossa Excelência é o efeito!’
De Carlos Lacerda, da tribuna, ao ouvir da deputada Ivete Vargas de que era um purgante. Ele completaria 100 anos em 2014.


Com equipe DF, SP e Nordeste

TAGS