PUBLICIDADE
Notícias

Tiririca em dose dupla

12:00 | 15/10/2014

Tiririca (PR) está no mercado. Após ser reeleito deputado federal, segundo mais votado de SP, saiu o candidato e entrou o palhaço na campanha – dos outros. Foi contratado como humorista para apoiar Jofran Frejat (PR) para o governo do DF. Gravou vídeo numa produtora, que vai ao ar nesta semana. Nele, o palhaço-deputado aparece agachado e vai levantando, e diz: ‘Você sabe o que é isso? É o Frejat subindo nas pesquisas...’. Seu aliado de partido disputa o segundo turno contra Rodrigo Rollemberg (PSB), líder isolado nas pesquisas.

Nem tanto
Ao contrário do que gravou Tiririca, Frejat não tem subido nas pesquisas. Oscila nas margens de erro. Hoje, Rollemberg está praticamente eleito. Mas só dia 26 dirá.

Filão eleitoral
A exemplo de Nerso da Capitinga (Pedro Bismark) – que não foi candidato – Tiririca viu um filão: ajudar campanhas que pretendem conquistar o eleitor classes C e D.

Disse ‘Sim’
Está a cada dia mais sacramentado no PT que Josué Gomes, filho do saudoso José Alencar, será ministro da Fazenda caso a presidente Dilma se reeleja. Ele já aceitou.

Oportunismo
Pernambuco é palco de milagre: A ressurreição de Aécio Neves fez surgir da noite para o dia montanha de tucanos aliados que, no 1º turno, desapareceram de sua campanha e apoiaram Marina Silva. Todos do PSDB que deram as costas para o presidenciável agora o bajulam, depois que ele recebeu o apoio de Renata Campos, viúva de Eduardo.

Virada
Em Pernambuco, Marina Silva ganhou de Dilma Rousseff – 48,05% x 44,22%. Aécio obteve irrisórios 5,9%. Mas agora, com a reviravolta na campanha, aliados de Campos e Marina dão como certa sua virada no Estado.


#controle
O deputado José Guimarães (PT), irmão de José Genoino, tem dito que o PT vai colocar na pauta do plenário o projeto de regulação da mídia, caso a presidente Dilma seja reeleita. A proposta foi entubada no PCdoB, para preserva a petista na campanha..

Cotada
Renata Campos, viúva de Eduardo, é pule de dez para assumir a Secretaria da Mulher ou de Direitos Humanos (ou a fusão destas) num eventual governo de Aécio.

Feliz..
Quem anda sorridente no STF com a ascensão de Aécio nas pesquisas é o ministro Gilmar Mendes. Ele foi AGU do governo Fernando Henrique Cardoso.

Ganês quer carteira
Em visita surpresa à agência do Ministério do Trabalho de Itajaí (SC), na segunda, o ministro do Trabalho, Manoel Dias, encontrou imigrantes ganeses que procuram serviço com carteira assinada para legalização. A região vive um boom de mão-de-obra.

Discriminação
Manoel Dias ouviu queixas de discriminação contra os africanos recém-chegados ao Brasil. Dias os animou e disse ao grupo que não deve se decepcionar com o Brasil: ‘Aqui tem emprego, logo vocês vão trabalhar’.

Todos em casa
Pelo menos dois federais e um potencial candidato à Câmara ficaram de fora em Pernambuco. O ex-lider do PT Fernando Ferro não foi reeleito (59 mil votos), assim como Cadoca (PCdoB) – com 41 mil votos. O ex-ministro do Desenvolvimento Agrário (governo FHC) Raul Julgman (36 mil) – desafeto de Ferro – também ficou em casa.

Sobramos
Outro que dançou nas urnas foi o sobrinho de José Múcio Monteiro, Fernando Monteiro, que obteve 50 mil votos. Nem o poder de presidente nacional do PSL fez Luciano Bivar cravar assento no Congresso: teve 24 mil votos.

Mas..
Já a proporcionalidade alçou à Câmara Federal, com apenas 28 mil votos, Kayo Maniçoba do PHS. Deixou para trás 11 candidatos com mais votos que ele.

Ponto Final
Faltam 11 dias para o circo baixar a lona


Com Equipe DF, SP e Nordeste

TAGS