PUBLICIDADE
Notícias

Caiu a República

12:00 | 06/09/2014
Com informações sigilosas do MP, a Polícia Federal se mobiliza para nova grande operação, a Lava Jato 3, que vai mandar para a cadeia uma penca de assessores, familiares e políticos sem mandato. Na quinta-feira, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Pires abriu o jogo: Pelo menos 70 parlamentares – entre deputados, senadores e um governador – da base aliada receberam propina dele. O caderninho foi entregue e o depoimento gravado em vídeo. Assim que se encerrarem os depoimentos, Pires será solto e livre de processos. Mas por determinação judicial, retido em casa no Rio.

Balanço prévio
O PT e sua base estão indo para o saco mortuário. É o que se depreende não só das pesquisas eleitorais, mas da delação premiada do ex-diretor. Toda a base está envolvida.

Parem as máquinas!

Até a imprensa envolvida. A PF teria gravações do encontro de um conhecido jornalista com o doleiro Alberto Yousseff, no qual o editor de um portal recebeu R$ 240 mil.

Urna ferve
A um mês da eleição, a revista Veja promete para este sábado trazer a lista dos propinados: seriam governadores, deputados, senadores e um ministro.

Classificados

Clima de velório no Ministério da Fazenda ontem com a confirmação de que a presidente Dilma entregou a cabeça de Mantega para acalmar o mercado. O ministro evitou a tradicional entrada pela porta principal. A Coluna antecipou a queda de Mantega dia 28 de agosto, e que Mercadante (Casa Civil) procura nome.

A freira e o operário

Clima quente no bunker do marqueteiro João Santana, do PT, com o vazamento da pesquisa encomendada sob sigilo com Lula no lugar de Dilma. Como publicado, Marina empata com o Barba. Foi o enterro do ‘Volta, Lula!’.

Marina & Manhattan
Marina Silva ganhou grande perfil com fotos no The Wall Street Journal, a bíblia dos investidores americanos e da Bolsa em NY. O texto disseca virtudes e contradições, e cita que ela pode ser "a primeira presidente negra"' e "protestante" do Brasil.

Desafio
No artigo, o jornalista John Lyons lembra que a figura de Marina "carrega enormes incógnitas para sétima maior economia do mundo".

Alerta vermelho

A Médico Sem Fronteiras informa que é caótica a situação da Libéria e que o governo perdeu o controle do surto de ebola. Para a mídia, distante, está tudo resolvido

Onda do Batom
Com Dilma ou Marina presidentes, Bachelet no Chile e Cristina na Casa Rosada, os EUA podem se animar a entrar na onda e eleger sua primeira mulher commander-in-chief da História. Hillary Clinton já critica Obama e vai se lançar a presidente.

Cadê a confraria?
A mídia demonizou durante a semana a mocinha que gritou Macaco para o goleiro do Santos. Merece ser punida, sim. Ontem pediu desculpas. Mas cadê os outros seis rapazes que imitaram um gorila atrás do gol, o que motivou a denúncia de Aranha?

Lula de saias
A presidente Dilma está brava. Não é a primeira vez, mas se tornou recorrente o ato falho – ou provocação mesmo? – de aliados. Ao citá-la em evento, o senador Humberto Costa a chamou de Presidente Lula.

Lista dos delegados

A Associação Nacional de Delegados de PF (ADPF) reivindica ao governo escolha por lista tríplice, enviada pela entidade, para escolha de diretor-geral da PF. Em entrevista à Esplanada WebTV, o presidente da APDF, Marcos Leôncio, confirma que existem mais de 100 mil inquéritos abertos no Brasil que apuram corrupção e tráfico.

Na rede

Você pode assistir à entrevista com outras revelações, no canal da Coluna no Youtube – Coluna.Esplanada. A entrevista é disponibilizada para o site de seu jornal.

Ponto Final
Com a delação de Paulo Roberto, acabou o estoque de Maracujina nas drogarias de Brasília.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

TAGS