PUBLICIDADE
Notícias

Efeito dominó no PSB

12:00 | 22/08/2014
A saída tumultuada do coordenador financeiro do comitê do PSB, Carlos Siqueira, provocou de imediato ontem a primeira vítima: Presidente do Atlético Mineiro, Alexandre Kalil desistiu da candidatura a deputado federal. Kalil era aposta pessoal de Eduardo Campos em Minas, segundo colégio eleitoral do País e onde o PSB está fraco de palanque. Campos prometera investir pesado em sua campanha para que uma expressiva votação puxasse pelo menos mais dois deputados federais do partido. Como Siqueira controlava o caixa do PSB e tocava as promessas de investimentos de Campos em campanhas de aliados, outros candidatos podem ficar sem dinheiro nos Estados.

Mudança$
O fim de semana será turbulento no comitê nacional do PSB e nos Estados, com a negociação da entrada do grupo da presidenciável Marina no comando da campanha.

Autofagia

Há risco iminente de a campanha de Marina, em vez de crescer na esteira da comoção da morte de Campos, entrar em crise por autofagia socialista-redista no comitê.

Contato extra
Eduardo Campos tinha um contato de confiança não-socialista em Belo Horizonte, com quem conversava toda semana por telefone e dele recebia pesquisas por e-mail.

Pronto-Socorro..
Curiosa a doação de R$ 2 milhões do conceituado paulistano Hospital 9 de Julho para a campanha de Renan Filho (PMSB) ao Governo de Alagoas. Empresa desse setor não figura entre grandes doadores. Se Renanzinho vencer, os próximos anos em Maceió poderão elucidar o porquê da generosidade.

.. eleitoral
Questionada sobre o motivo da doação e se foi praxe em outras campanhas, a assessoria respondeu que ‘O Hospital 9 de Julho acredita que o processo eleitoral é parte do fortalecimento da democracia e das instituições no país. Todas as doações realizadas pelo Hospital respeitam a legislação e estão registradas na justiça eleitoral’.

Com recibo!
O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), arrecadou R$ 2 milhões e repassou para o comitê nacional do PSB. Como Lacerda é aliado local de Aécio Neves (PSDB), havia temor no PSB de que esse dinheiro não chegasse a Campos.

Passando o píres
A campanha de Paulo Câmara (PSB) ao governo de Pernambuco passa por dificuldades financeiras. E sem Eduardo Campos a situação piorou.

Tensão
Na segunda, na tensa reunião da coalizão no Recife, o marqueteiro Edson Barbosa, o ‘Baiano’, empurrou militantes e se estranhou com visitantes.

Família feliz
Agora candidato a deputado federal, o estadual Gustavo Perrella (PSD) fez a festa na pequena Pains há duas semanas. Chegou bancando churrasco e bebida num centro de lazer para quem aparecia. O pai, senador Zezé (PDT) está feliz com a recuperação na Justiça do helicóptero da família, flagrado com meia tonelada de drogas pela PF.

Day after
A economista-chefe da Rosenberg & Associados, Thaís Zara, deu palestra ontem em Vitória para 50 empresários do PIB capixaba. Indicou que em reeleição do PT, mas sob adaptação ao cenário de crise, haverá ‘alterações da política econômica, embora sem comprometimento integral; superávit primário ligeiramente maior’.

Outro cenário

Sobre eleição da oposição, a economista previu ‘alterações substanciais da política econômica; ajuste maior no 1º ano resulta em crescimento mais baixo com primário mais alto e alta de juros num primeiro momento, recuando no segundo semestre’.

Em tempo..
.. A Rosenberg & Associados é premiada campeã no Brasil em acertar previsões para o PIB e cenários macroeconômicos.

Ponto Final
‘Ninguém sabe, 60 anos depois, quais eram os reservas da Seleção Brasileira de 1950. Daqui a dez anos, ninguém saberá quais foram os titulares de 2014’
Maurício Dias, colunista da Carta Capital

Com Equipe DF, SP e Nordeste

TAGS