PUBLICIDADE
Notícias

MEC autoriza curso à distância até em faculdade de posto de gasolina

00:30 | 12/04/2014
A Portaria nº 225 de quinta-feira do Ministério da Educação regulamentou dezenas de cursos à distância em instituições privadas no País, entre elas o de Pedagogia de uma pequena instituição de quatro curso chamada FARES – Faculdade Roraimense, em Boa Vista. Mais uma autorização corriqueira não fosse a curiosidade de a FARES ter com mantenedor um posto de gasolina – a Distribuidora de Derivados de Petróleo Pinheiro. Não bastasse a faceta pitoresca brasiliana, o episódio tem um ingrediente político: o suposto sócio oculto da faculdade é o senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Curriculum..
O proprietário e reitor da FARES é José Mozart Pinheiro. Anos atrás, num depoimento, o lobista Geraldo Rocha indicou o senador Jucá como sócio-oculto da faculdade.

.. Politicum
Ex-tucano como Jucá, seu amigo, o reitor Mozart Pinheiro tentou em vão se eleger deputado federal pelo PT em 2010. Jucá não foi encontrado até o fechamento da coluna.

Ah , bom
Segundo o secretário-geral Nilvan Santos, a FARES oferece administração, agronomia, enfermagem e pedagogia, e.. precisava do posto como mantenedor para funcionar.

Gatilhos
O Curso não-presencial nº 1-200809300 já funcionava com gambiarras do MEC desde 2005. Para facilitar a fiscalização, a faculdade e o posto são em endereços distintos.

Defesa..
Numa boa jogada da Apex – Agência Brasileira de Promoção a Exportações e Investimentos, braço do Ministério do Desenvolvimento econômico, grandes e pequenos empresários saíram de bolso cheio da FIDAE – Feira da Indústria Aeronáutica, ocorrida no Chile. O megaestande contou com 62 empresas brasileiras.

.. e Dinheiro

A Apex investiu R$ 2,2 milhões para reunir as brasileiras do setor de defesa (90% de micro e pequenas) – com exceção da Embraer, que preferiu estande próprio. Empresário citou que, de cada Real investido pela Apex, o retorno será de R$ 10. Numa iniciativa inédita, o estande contou com representantes do Ministério da Defesa e do BNDES.

Páscoa pra peixe
O Ministério da Pesca aferiu preços nos principais mercados e descobriu que o pescado está até três vezes mais barato, para algumas espécies, em relação a 2013.

Iceberg
A oposição está intrigada com a reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz, no Polo Sul, destruída por incêndio em 2012. O projeto original previa R$ 72 milhões. Pulou para R$ 110 milhões em 2013 e agora chegou a.. R$ 145 milhões. Valor dobrou.

Cartão vermelho
O federal Alceu Moreira (PMDB-RS) apresentou projeto de lei para proibir por 5 anos de frequentar estádios o torcedor punido por racismo. Foi instigado pelos episódios do árbitro Márcio Chagas e de Tinga (Cruzeiro), Paulão (Inter) e Arouca (Santos).

Sem bicadas

Após esbravejar que não seria mais candidato por ter sido preterido por Aécio, que escolheu Pitiman para concorrer ao governo do DF pelo PSDB, o deputado Izalci voltou calmo à tribuna e não tocou mais no assunto. Antes, conversou a sós com Pitiman.

Custo de ser VIP
Badalada a inauguração da sala vip do aeroporto de Brasília na quinta. Apareceram por lá autoridades, entre elas o presidente do STF, Joaquim Barbosa, com séquito invejável. Os passageiros que optarem pela sala terão vários ambientes à disposição, café, lounge, sala de reunião e área de descanso a R$ 100 por tempo indeterminado.

Demorou, dançou
O grupo americano Edison Chouest, que promete porto de R$ 950 milhões em Itapemirim, sul do ES, fechou a construção de outro no Porto de Açu, no Norte do Rio, porque o Instituto de Meio Ambiente capixaba demorou a liberar a licença.

Tão perto, tão longe
O Açu fica em São João da Barra (RJ), a poucos quilômetros de Itapemirim, era de Eike Batista. Os americanos juram que manterão o projeto no ES..mas não assinaram nada.

Errata
Ao contrário do publicado ontem, o deputado federal Alfredo Kaefer não é relator da MP 628-A. Apenas apresentou emenda,e boa, de fomento à industrialização regional.

Ponto Final
Pelo novo layout, o aeroporto de Brasília pode se tornar o mais eficiente do País. Só faltava: os argentinos da Inframérica mostrarem à Infraero como se faz um aeroporto.

Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

TAGS