PUBLICIDADE
Notícias

É só o começo

00:30 | 17/04/2014
Quem conhece os meandros da Operação Lava Jato e já teve acesso aos documentos aponta que os problemas criminais de empresários e políticos estão só começando, e vão atingir em cheio também o PSDB. É que Paulo Roberto Costa, o ex-diretor da Petrobras preso pela Polícia Federal, atuou muito para os tucanos no mercado. A Lava Jato surgiu na esteira da Miquéias, que pegou o doleiro Fayed Trabousli, mas a intenção era chegar a outro doleiro, com conexões em Brasília e políticos: Alberto Youssef.

Pegou geral

Ao ‘puxar o fio’ dos documentos de Youssef , a PF chegou a revelações de que ele operou para políticos, partidos e empreiteiras muito mais do que o divulgado.

Vem mais
Grandes empresários e parlamentares de Brasília estão desesperados. Já conhecido de delegados, Youssef é conhecido por delatar seus clientes para se salvar.

Os investidores
Um ex-governador e um senador do Centro-Oeste têm investido em empreendimentos imobiliários em cidades turísticas, na esteira do PAC das Cidades Turísticas.

Chamamento público
Sem saber seu endereço, a Câmara Municipal de Londrina publicou no seu D.O. chamamento público para que o ex-prefeito Nedson Micheletti compareça para explicar as contas da gestão em 2008, conforme Acórdão do TCE do Processo 11.7772 de 2009. Micheletti é assessor especial da direção da Caixa, e mora em Brasília.

Memória

Foi padrinho de André Vargas (a quem já empregou na Câmara Federal) e na sua gestão de prefeito empregou o casal Gleisi Hoffmann (Secretária de Gestão Pública) e Paulo Bernardo (Secretário de Finanças).

Batalha cristã
Ao saber que os evangélicos lançam frente de candidatos ao Congresso, os católicos se agilizaram. Vão lançar dez candidatos a deputado distrital, de vários partidos, e provavelmente dois a federal: o atual Izalci e o estreante Paulo Fernando, do ProVida.

Sumiu
Após publicação da Coluna, sumiram da sede da Infraero as mulheres seguranças que trabalhavam sem arma, de empresa terceirizada. Os machos têm o coldre cheio.

Cadê a ronda?

É um serviço para a PM de Brasília, cujas patrulhas somem à noite. Alguém mal humorado destruiu vários jardins nos canteiros da via W3 Norte por dez quadras.

A verdade..
O presidente da Comissão da Verdade do Rio, Wadih Damous – cuja equipe tem revelado muita coisa – soltou o verbo sobre a discussão da revogação de parte da Lei da Anistia, de 1979, que permite julgamento de crimes cometidos por agentes militares.

..doa a quem doer
Diz Wadih: “Tortura, estupro, assassinato de presos e desaparecimento forçado não podem ser considerados crimes políticos. São crimes de lesa humanidade, imprescritíveis. Os perpetradores têm que sentar no banco dos réus”.

Só com foto

A Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) apertou o cerco e mudou as regras. A Resolução 4.308, publicada no D.O., regulamenta as viagens de passageiros adultos e crianças em ônibus e trens. Agora, só viaja quem tiver documentos de identidades ou de registro profissional com fotos. Nada de título de eleitor mais.

Blindagem
Para quem vai viajar neste feriadão: a criança até 12 anos incompletos não pode mais viajar sem identificação sob responsabilidade de outro passageiro identificado. Tem que ter a certidão de nascimento, além da já pedida autorização dos pais de juizado caso não estejam presentes. Eram duas portas abertas para os criminosos fugirem.

Tem que subir
Lembram o satélite sino-brasileiro Cbers-3 , sem seguro, que mandou para o espaço R$ 300 milhões e não atingiu a órbita? O Cbers-4 foi confirmado para lançamento no fim de dezembro deste ano, na China, confirma a Agência Espacial Brasileira.

Queda geral

À ocasião do fracasso do último lançamento, sem alarde, autoridades brasileiras, entre elas Paulo Bernardo (Comunicações) foram à China para festejar. Voltaram mudos.

Ponto final

Pela cara, quem bota mais medo no investidor na Petrobras: Graças Foster ou Nestor Cerveró?

Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

TAGS