PUBLICIDADE
Notícias

Baderneiros acuados

00:30 | 05/04/2014
A Polícia Federal e a Interpol já fecharam acordos com as polícias de 31 países, que enviaram policiais para o Brasil durante a Copa da FIFA. Cada país enviará até sete policiais – e quatro deles poderão entrar nos estádios, com suas fardas de origem, mas sem armas, para intimidar torcedores problemáticos e até prendê-los. Os mapeamentos já avançam e a Interpol recebeu uma lista com os potenciais torcedores baderneiros que virão para a Copa. O foco são os holigans da Europa e os argentinos. revela o chefe da Interpol, delegado Luiz Eduardo Navajas.

Cara a cara

A lista será enviada aos departamentos de imigração nos aeroportos, e eles serão identificados e revistados assim que desembarcarem.

Vistoria..

A Comissão de Segurança Pública da Câmara vai visitar as comunidades da Maré e Alemão, para verificar as políticas de segurança das UPPs.

..oficial

Segundo o deputado Pauderney Avelino (DEM-AM), presidente da Comissão, há relatos de que a ocupação policial não é seguida da social, e o tráfico continua forte.

Antipatia dá nisso

Na esteira da antipatia de Dilma com Obama, o Brasil ingressou como amicus curiae do governo da Argentina na Corte dos Estados Unidos, no litígio do país hermano contra credores americanos por causa do calote de anos atrás. Agora, a Câmara dos Deputados quer detalhes, se o Brasil vai ter custos para a mãozinha amiga ao governo Kirchner.

Na mira

O secretário do Tesouro, Arno Augustin, e o assessor para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, serão convidados para audiência pública na Comissão de Relações Exteriores. Marco Aurélio, de tanto defender trapalhadas de países encrencados na AL, ganhou alcunha de Assessor Especial para Assuntos Bolivarianos.

A todo gás

A CPI da Petrobras terá gás. Informação de bastidores garantida por diplomatas é de que, mesmo não precisando, o Brasil compra US$ 400 milhões a mais de gás líquido por mês, a mando do ex-presidente Lula, para ajudar o governo Evo Morales.

Dormiu no ponto

A assinatura do contrato com a Astra foi em 1º de setembro de 2006. Mas o conselho não teria feito nova análise das cláusulas desde a iniciativa de compra meses antes.

Crime sem fronteiras

Os dados da Comissão de Segurança da Câmara, que criou subcomissão especial, são assustadores: o tráfico humano e de órgãos rende US$ 12 bilhões por ano no mundo.

Silêncio no ar..

No programa de quarta, Jô Soares entrevistou um padre holandês. O vellho lembrou que na sua época de criança no seu país não tinha água, luz... ‘E não era o governo Dilma, hein’, brincou o apresentador. E o velho o cortou: ‘Toda comparação é odiosa’.

Sert’arena

Para fugir do conceito ‘elefante branco’ extra-Copa, o governo do DF tem alugado o estádio nacional para shows. O desta semana é a gravação de um DVD de desconhecida dupla sertaneja. Anunciam o evento no ‘anel interno’ do Mané Garrincha.

No acostamento

Sem quatro diretores, a ANTT segue criando resoluções-tampão para dar celeridade às licitações. Desde o início do mês, todo veículo pirata apreendido vai para o depósito em até 72h, mais rápido que antes.

Fila não anda

Dia 18 vence o mandato do único diretor nomeado na ANTT. Para não ceder a pressão de partidos, a presidente Dilma segurou a nomeação de outros quatro diretores. Na Antaq, que cuidará da licitação dos portos, três das cinco diretorias estão vagas.

Lata de sardinha

Um vídeo sobre a superlotação do metrô do Rio circula nas redes. Os seguranças dão jeitinho para fechar a porta, travada: empurrar passageiros com toda a força.

Ponto Final

Com a Copa e as eleições, o governo está no acostamento da via engarrafada para o progresso

TAGS