Participamos do

Senadores usam R$ 142 mil de verba para promoção em janeiro

09:00 | Mar. 04, 2014
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
Dezesseis dos 18 senadores que usaram verba indenizatória em janeiro gastaram R$ 142.616,70 do Senado para promoção pessoal entre dezembro e janeiro – meses de recesso – para divulgação de atividade parlamentar. Seis deles são pré-candidatos à reeleição este ano. Foram serviços pagos para divulgações em emissoras de rádio e TV, e jornais. Mas chamam a atenção gastos com websites e consultorias para redes sociais. As excelências estão mais atentas ao poder da Internet.

Bancada Online

Os pré-candidatos que usaram verba para promoção nas férias são Acir Gurgacs, Alfredo Nascimento, Cícero Lucena, Collor, João Durval, Mozarildo Cavalcanti.

Segurança máxima

Aliás, Fernando Collor ainda se sente presidente do Brasil. Além de ter direito a quatro seguranças da PF, gastou R$ 14.531,16 com seguranças particulares.

Casa protegida

O senador José Agripino usou verba indenizatória de janeiro para pagar R$ 5.429,39 para empresa de segurança 24h por 42 dias nas férias para sua casa em Brasília.

A Bolsa..

O presidenciável Aécio Neves (PSDB) já avisou que, se eleito, manterá o Bolsa Família. Mas sua equipe prepara uma surpresa para o programa eleitoral. Aécio vai prometer esticar o benefício por alguns meses para quem conseguir emprego. Hoje, quem assina carteira perde a Bolsa. Isso daria mais garantias para uma ‘porta de saída’.

..de Aécio
Segundo o líder da Minoria, deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), próximo de Aécio, a ideia é bem-vinda na cúpula do partido. Muitos beneficiários hoje se acomodariam porque temem que o emprego não dê certo – e ficam sem a Bolsa.

Êpa, Êpa

O novo diretor Financeiro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Lineu Olímpio, entrou na mira do MP de Goiás – que acaba de denunciá-lo por sua gestão como prefeito de Jaraguá, por repasses ilegais de verbas para a Cooperativa Cooperlook.

Denúncia

Lineu e os 21 fundadores da Cooperlook foram denunciados por associação criminosa, peculato, prevaricação e advocacia administrativa.

De cima
Um personagem poderoso e misterioso chega de helicóptero todas as manhãs à sede da Anatel, em Brasília. Se para trabalhar, esse é o mistério.

Blocos da vaia

Esperta foi a presidente Dilma, que pula Carnaval quietinha na reserva de Aratu. Os adversários Aécio Neves e Eduardo Campos (PSB) passaram aperto nas ruas. No sábado, Campos foi vaiado por bloco no Recife. Aécio, por grupo de foliões quando apareceu no camarote do prefeito ACM Neto em Salvador.

Baixa na Igreja

Brasília ficará este ano sem a tradicional festa do Corpus Christhi no gramado da Esplanada. Por falta de apoio do GDF. No dia da festa haverá jogo da Copa e a PM teme desordem pública. A revelação foi feita pelo Arcebispo Dom Sérgio aos padres.

Ideologia x reparação
O racha na Secretaria de Direitos Humanos é pior do que se imagina. Famílias dos desaparecidos se dividiram. Um grupo que quer as buscas dos corpos e outro, a reparação financeira logo. Virou uma guerra entre a ideologia x indenização.

Peritos importados
O novo grupo de familiares de oito desaparecidos vai à juíza federal Solange Salgado na quinta, para informar que não reconhece o grupo de trabalho recém-nomeado pela ministra Maria do Rosário. Eles não aceitam, por exemplo, peritos argentinos e cubanos à frente das buscas, se há brasileiros bem informados sobre a questão.

Polo tecnológico

O recém-lançado Polo de Inovação Tecnológica de Serra (ES), na Grande Vitória, pode se tornar o ‘vale do Silício’ tupiniquim, com 30 empresas. Pode gerar 17 mil empregos.

Surpresas
O processo contra Carlos Jales, ex-adminstrador de Taguatinga, que investiga a venda de alvarás, poderá trazer surpresas para um deputado distrital e um padre.

Ponto Final

A musa Sabrina Sato chegou ao sambódromo escoltada por policiais civis em SP. Pode isso, produção?

Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente