PUBLICIDADE
Notícias

Congresso terá acesso aos gastos secretos do governo

00:30 | 15/03/2014
O Congresso Nacional terá acesso a partir deste ano aos gastos secretos dos órgãos de inteligência em relação às ações de inteligência, contrainteligência, monitoramento, defesa da soberania e proteção da presidente da República. Os gastos considerados mais polêmicos são os dos cartões corporativos, nunca divulgados, porque o Gabinete de Segurança Institucional alega questões de segurança. Mas a Resolução nº 2 de 2013, que criou a Comissão de Controle das Atividades de Inteligência (CCAI) – que será instalada – terá poder para requisitar os dados.

Maktub
Parágrafo VI do Artigo 11 da regulamentação da CCAI: o poder de requisitar ‘descrição pormenorizada das verbas (..) e dos gastos efetuados (..) nas atividades de inteligência’.

Batalha oculta
A Coluna revelou na última terça que começou uma guerra velada entre os congressistas da CCAI e os militares do GSI, que controlam a Abin, pelo controle das informações.

Dossiês
Falta a indicação de três deputados e três senadores para a CCAI ser instalada. A comissão terá poder de acesso aos relatórios de espionagem e inteligência.

Gastos
Em 2011, o site Contas Abertas revelou que os gastos da Abin com cartões corporativo saltaram de R$ 6,7 milhões em 2009 para R$ 11,2 milhões em 2011.

Olho neles
O novo ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, responsável pela reforma agrária, foi diretor do departamento de biodiesel da Petrobras, onde conheceu fazendeiros. Nomeado na Agricultura, Neri Geller é produtor de soja no Mato Grosso, apadrinhado pelo maior plantador de grãos do país, o senador Blairo Maggi (PR-MT).

Chegou lá
Jornalista, evangélico, bispo licenciado da Igreja Universal, o suplente do senador Crivella que se tornou ministro da Pesca, Eduardo Lopes, era um menino pobre e engraxate da periferia paulistana.

Dedo na tomada...
Quem manda no setor elétrico por seguidos governos, com prepostos em estatais elétricas e em ministérios, é o senador José Sarney, que não deu um pio ainda sobre esse risco de racionamento.

... e choque no povo
A presidente Dilma, que já foi ministra e mantém o grupo do pemedebista no setor, está pagando a conta injetando R$ 4 bilhões a fundo perdido – com dinheiro do povo, claro.

Ele voltou

O ex-senador e ex-governador do Piauí Mão Santa (PSC), que alugava a tribuna do Senado em discursos intermináveis, vai disputar o governo do estado. Girou a metralhadora verbal ontem: Não existe oposição no Estado, que vive uma mesmice.

Alô, ministro!
A Planalto Service, que tem contrato com o Ministério do Trabalho, obrigou 25 servidores na pasta a assinarem aviso prévio. Entre eles, senhorinha de 14 anos de casa, porque ela.. teve dengue e ficou 10 dias de licença.

Puxadinho.. no bolso
O deputado Raimundo Matos (PSDB-CE) revela que o governo federal gastará R$ 20 mil por dia, durante a Copa, para levantar alugar estrutura de ‘puxadinho’ no Aeroporto de Fortaleza. Matos diz que 10 aeroportos só concluirão reformas após a Copa.

Carequinha feliz
Ontem o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), fez graça no Twitter: ‘Bom dia, hoje é dia do careca, bom dia pra você que diferente de mim não tem todos os cabelos’. Seguido de foto cabeludo. Não se sabe se é montagem ou arquivo pessoal.

Acorda, cambada!
O Batalhão de Choque da PM de SP demorou duas horas ontem para chegar ao Ceasa, onde ocorria protestos e um caminhão foi incendiado. Os bombeiros não apareceram.

Bola fora
O Governo do DF, que construiu a arena para a Copa mais cara do País (R$ 1,8 bilhão), informa ter investido R$ 285 milhões para revitalização do entorno, onde pouco mudou.

Ponto Final
Cuidado, trabalhador. Pelo visto, se não matar, dengue dá demissão.
______________________________
Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

TAGS