PUBLICIDADE
Notícias

Cardozo fará visitas a presídios federais

00:30 | 07/03/2014
Um episódio que poderia ser entendido como afronta foi acolhido com simpatia pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o incentivou a tomar uma decisão: vai visitar todas as penitenciárias federais do País. Serão cinco, porque o caso aconteceu na primeira, a de Porto Velho (RO), mês passado. Autoridade máxima, Cardozo foi submetido a revista detalhada. Ele e comitiva foram obrigados pela direção a retirar objetos e sapatos, e a passarem por detector de metais, para entrar na ala de detentos.

Barrado
O scanner apitou seguidas vezes para o ministro. No vai e volta, Cardozo descobriu um minúsculo clips no bolso do paletó. Adorou o pente-fino e quer testá-lo nas unidades.

Tô fora
O último ministro da Justiça a visitar um presídio federal foi Márcio Thomaz Bastos. Os sucessores nem passaram na porta.

Já no Maranhão..
Cardozo passou em Porto Velho após visitar a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, no famigerado caso do presídio de Pedrinhas.

Vice-preteridos
Dois vices ficaram chupando dedo nas negociações para suceder governadores. Em Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) rifou o vice João Lira (PDT). Campos preferiu o secretário de Fazenda, Paulo Câmara. Em Minas, Alberto Coelho (PP) foi preterido pelo tucano Pimenta da Veiga, o ex-ministro escolhido por Aécio Neves (PSDB) para disputar a sucessão de Antonio Anastasia.

Como foi
Pimenta da Veiga trabalhava quieto em Brasília, tocando seu escritório de advocacia, quando foi fisgado por Aécio, que o levou a tiracolo em visitas pré-eleitores por cidades mineiras. Aécio o testou e venceu a resistência inicial de Veiga.

Aí tem..
A emissora America TeVé, de Miami, em língua espanhola, exibiu longa reportagem sobre Lula em Cuba, o chamando de novo consultor dos irmãos Castro.

Adeus a Guerra
O PSDB agendou para a próxima terça, às 19h, uma missa in memoriam de Sérgio Guerra na Catedral de Brasília. Aécio vai, e toda a cúpula do partido. FHC é esperado.

Cinderela não vale
O ex-ministro condenado no Mensalão José Dirceu vai reduzindo a pena como ávido leitor, batendo recorde de leituras na cadeia em Brasília. Já teria lido 15 livros desde que detido – e reduzido em dois meses a pena. Mas a lista das obras é um mistério.

Cadê a lista?
Corre à boca pequena entre carcereiros da Papuda que os clássicos de Dirceu não passam de 20 páginas em letras garrafais. Vai de Pinóquio a Branca de Neve. Será? Detalhe: pela lei, a cada 12 livros lidos, a pena cai 48 dias.

INCA
A despeito da renovação de contrato para terceirizados com a Fundação Ary Frauzino, o INCA vai abrir concurso até julho para 583 vagas distribuídas para cargos de pesquisador, tecnologista, analista e assistente em ciência e tecnologia, e técnico.

Tá bom!

Da turma de 12 passageiros que viajou com a ministra Maria do Rosário no jatinho da FAB para o Rio, no Carnaval, quinta passada, cinco servidores da Secretaria de Direitos Humanos ficaram na Sapucaí para divulgar a campanha pelo fim da violência contra crianças e adolescentes. O quinteto jura que ficou a trabalho, nada de samba..

Paradinha do samba

A ministra Maria do Rosário participou da abertura da campanha, na quadra da Estácio de Sá, na quinta, e depois decolou com o restante do grupo para Porto Alegre (RS).

Êpa, Êpa
Brasilienses estranharam o tema do famoso bloco Pacotão. O tema deste ano foi chacota contra Arruda e Joaquim Roriz. Nada sobre o atual governo, que ajudou em patrocínio.

Ponto Final
Aliás, Brasília é mais adepta a dança de quadrilhas que para bloco de carnaval..
______________________________
Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

TAGS