PUBLICIDADE
Notícias

TSE cancela licitação com digital de maracutaia

00:30 | 20/02/2014

O Tribunal Superior Eleitoral vai cancelar a licitação para a compra de mais 5.103 kits de cadastro biométrico. O caso pode atrasar a coleta de dados de eleitores para o pleito deste ano e colocar em risco o milionário projeto anunciado para várias capitais. Só num segundo teste, detectou-se ‘vício material quanto aos testes de homologação’. Técnicos do tribunal descobriram erros no software da empresa escolhida, a Akyama – a mesma que vendeu os 3.500 kits hoje usados pelo órgão. Nesta nova concorrência, a empresa trocou o modelo para um mais simplório, e driblou parâmetros exigidos no edital.

Dedão do volante
O software da Montreal, escolhido pela Akyama, é usado pelo Detran do Rio para cadastrar motoristas, mas não alcançou a qualidade esperada pelo Tribunal nos testes.

Do seu, do nosso
Desconfiada da agilidade com que o processo avançou, a direção do TSE enquadrou a turma e segurou o processo. A compra é estimada em R$ 40 milhões.

Cobrança geral
A Itautec pulou fora há poucos meses. Hoje, a brasileira Akyama e a holandesa Gemalto disputam a venda. As três empresas que concorriam reclamam nova licitação.

 

Alerta
Quando surgiu o caso de que Henrique Pizzolato usou título de eleitor falso, o então presidente do TSE, ministro Marco Aurélio, alertou que o sistema precisa melhorar.

Cotado para ministro...
Cotado para substituir Gastão Vieira, o secretário-executivo do Ministério, Sérgio Braune, é craque em Turismo. Ele e o chefe de gabinete, Franklin Souza, foram autorizados para viagem a Taiwan, cujo governo bancou os custos, para missão oficial. Vendo perigo, Gastão recuou via D.O., mas liberou a dupla para viagem particular.

.. é craque em turismo
Braune e Franklin foram para Taiwan sob vista grossa dos chineses, que têm boas relações com o Brasil, mas não reconhecem o Estado vizinho. Franklin tem ligação como captador de verba com a Brasília Brasil Eventos, da qual deveria ter se desligado.

Sina do gabinete
Há dias, Franklin foi citado em jornal de Goiânia como futuro anfitrião de comitiva taiwanesa. O curioso episódio ocorre no mesmo gabinete que já foi alvo da Operação Voucher, que fez a limpa no Ministério. Em tempo, Gastão sai com ficha limpa.

Aqui, não!
Atento à especulação imobiliária no porto do Rio, o presidente do TRE baixou norma que impede a venda do prédio na região, onde estão guardadas as urnas eletrônicas.

Tristeza de folião
A Infraero informou aos funcionários que o salário sai só depois do Carnaval. Conforme ‘Cláusula 2ª do Acordo Coletivo de Trabalho’, que prevê pagamento só no 1º dia útil do mês. Ou seja, dia 5, na Quarta de Cinzas. Ôh, maldade..

Mão amiga
Uma poderosa mão amiga na OAB segura a tramitação de pedido de processo disciplinar pela cassação do registro de José Dirceu, por ser condenado em ação penal e manter a carteira de advogado. Por ora, ele terá autorização para trabalhar como um.

 

Troco na Dilma
O rompimento do senador tucano Cássio Cunha Lima com o governador Ricardo Coutinho (PSB) na Paraíba vai fortalecer o PSDB, com risco de ingrediente eleitoral surpresa contra a presidente Dilma Rousseff: O PMDB pode ajudar Aécio Neves.

 

Articulação arretada
Se sair candidatar ao governo, Cássio tira o DEM de Coutinho e enfraquece o palanque de Eduardo Campos. Rifado por Dilma para o Ministério da Integração, Vital do Rêgo pode incluir o irmão Veneziano candidato ao Senado em eventual chapa do PSDB.

 

Itaipu paga!
Acusada de calote de US$ 34 milhões por empreiteiros do Paraguai, a Itaipu pagou parte da dívida ontem, após o Tesouro liberar. A assessoria da usina alegou que não poderia usar o dinheiro do caixa porque a verba contingenciada estava rubricada.

 

Delegados com Molon
O relator do Marco Civil da Internet, deputado Molon (PT-RJ), incluiu sugestões dos delegados da PF, como segurança no armazenamento de dados dos usuários sob sigilo.

 

Ponto Final
Com esse PMDB, Dilma não precisa de oposição.
______________________________
Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

TAGS