PUBLICIDADE
Notícias

Aspectos culturais do Nordeste deram o tom da festa de encerramento da Rio-2016

22:25 | 24/08/2016

A previsão para a festa de encerramento da Rio-2016 acabar em samba era uma unanimidade. Até porque a cerimônia foi dirigida pela carnavalesca Rosa Magalhães.


Mas o que não se esperava foi o amplo espaço oferecido a cultura do Nordeste na festa. Músicas, danças, a pintura rupestre piauiense e, principalmente, o artesanato de barro e a Mulher Rendeira, tecendo um imenso bordado no gramado do Maracanã, ofereceram o tom regional ao encerramento da Rio-2016.


Mas o destaque da cultura nordestina no evento não foi só elogios. Incomodou críticos, entre eles colunistas de jornais e de sites, além de manifestações racistas nas redes sociais. O toque regionalista da apresentação desgostou os cariocas por não retratar o Rio como o centro da vida do país. Na realidade, os críticos não entenderam que a intenção foi ressaltar a cultura brasileira em vários aspectos e não apenas a beleza das praias, os monumentos e o carnaval carioca.


A jornalista Adélia Borges, em artigo na Folha de S. Paulo, defendeu o design da festa de encerramento da Rio-2016 como um “ponto fora da curva por valorizar o talento brasileiro”. Ao se referir a algumas críticas pela apresentação, por “ter sido excessivamente regionalista” e “vista como um defeito”, ela escreveu: “Não consigo entender o uso desse termo. Nunca se chama de regionalista uma manifestação cultural ocorrida em São Paulo ou no Rio de Janeiro, que seriam o centro da vida do País, em oposição às periferias nos ‘outros’ Estados. Há um bocado de preconceito e de nariz empinado nessa avaliação”.


Adélia Borges destacou ainda que a homenagem aos artesãos da renda (dança e projeção com "Mulher Rendeira", interpretada pelas Ganhadeiras de Itapuã, de Salvador) e do barro “comoveu pela belíssima releitura de ofícios que dão sustento a alguns milhões de brasileiros ativos nos quatro cantos do país”. Para ela “não é folclore estagnado no tempo, é o artesanato em constante mudança e recriação, e ocupando na cerimônia lugar análogo ao de um nome tão brasileiro e ao mesmo tempo tão universal quanto Roberto Burle Marx.


Ela diz também que o principal mérito do enredo da cerimônia foi refletir uma visão “não hierarquizada da cultura –e talvez esteja aí a fonte da reação negativa de alguns ‘bem pensantes’. E quem sabe a rica homenagem à pintura rupestre na Serra da Capivara, no Piauí, possa inspirar nossos governantes a tratar melhor esse patrimônio cultural da humanidade”.


A economia brasileira no rol dos debates na ABAV Expo       


Ricardo Amorim, palestrante já consagrado e reconhecido internacionalmente, levará sua visão sobre as grandes transformações na economia mundial e brasileira ao Congresso ABAV de Turismo, integrado à 44ª ABAV - Expo Internacional de Turismo & 46º Encontro Comercial Braztoa.


O tema da explanação é "Por que e como a economia deve melhorar e surpreender positivamente a partir de 2016?", e ocorrerá no dia 29/09, das 18h30 às 19h30, no espaço unificado de todas as arenas da Vila do Saber. "Queremos estender a todo o público do Congresso o privilégio de interagir com um dos mais brilhantes speakers da atualidade em matéria de tendências e transformações futuras da economia mundial e brasileira", assinala Edmar Bull, presidente da ABAV Nacional.


A larga vivência internacional em cenários diversos fez de Ricardo Amorim referência na abordagem dos grandes temas da economia contemporânea. A expectativa é que a palestra resultará em exposição sob medida para os profissionais do turismo presentes no evento, principalmente neste momento em que a economia brasileira dá os primeiros sinais de recuperação.


A 44ª ABAV – Expo Internacional e Turismo & 46º Encontro Comercial Braztoa acontece entre 28 e 30 de setembro (quarta a sexta-feira – das 12h às 20h), no Expo Center Norte (SP), com a participação de expositores nacionais e internacionais. O credenciamento está aberto e deve ser feito diretamente no portal da feira: www.abavexpo.com.br, que também pode ser acessado para mais detalhes sobre a programação da Vila do Saber, incluindo o perfil dos palestrantes.

TAGS