PUBLICIDADE
Notícias

Ceará tem novo mapa turístico

16:47 | 14/07/2016
O mapa do turismo do Ceará mudou. O estado reduziu de 62 para 59 o número de municípios participantes de suas 12 regiões turísticas. O levantamento foi divulgado pelo Ministério do Turismo, em Brasília. Em todo o país, foram identificados 2.175 municípios em 291 regiões turísticas.

Segundo o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, com um mapa mais enxuto e que retrata de forma mais fiel a oferta turística brasileira, o órgão pode otimizar mais resultados.

Para a atualização do mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todas as 27 UFs e a validação do mapa foi feita pelos estados e Distrito Federal em seus respectivos Fóruns ou Conselhos Estaduais do Turismo.

SOBRE O MAPA - O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.

CATEGORIZAÇÃO DO NOVO MAPA DO TURISMO – Os 59 municípios do Ceará presentes no Mapa do Turismo se dividem em 5 categorias, de acordo com a Categorização dos municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro. O instrumento, elaborado pelo MTur, identifica o desempenho da economia do turismo para tornar mais fácil a identificação e apoio a cada um.

Dentro da metodologia, as cidades contempladas nas categorias A, B e C contam com 95% dos empregos formais em meios de hospedagem 87% dos estabelecimentos formais de meios de hospedagem, 93% do fluxo doméstico e têm fluxo internacional. O conjunto de municípios dos grupos D e E, reúnem características de apoio às cidades geradoras de fluxo turístico. Muitas vezes são aquelas que fornecem mão de obra ou insumos necessários para atendimento aos turistas.

Abrasel lança aplicativa próprio de ‘delivery’

A a Abrasel (Associação de Bares e Restaurantes), cansada de ver seus empresários perderem suas margens de lucro, cria seu próprio aplicativo de delivery.

O lançamento ocorreu na quarta-feira, 13, no auditório do Sebrae. Para apresentar o projeto a associação mobilizou mais de 80 empresas do setor que apresentou oficialmente aos associados o Bem Servido, o aplicativo de delivery.

A finalidade, segundo a Abrasel, visa proteger o empresariado contra o que a entidade define como “abusos” praticados por sites de entrega em domicílio, e reduzir os custos do delivery online para uma “taxa fixa mínima”, garante a associação.

Os empresários do setor garantem que o novo serviço tira das mãos de terceiros com o delivery sendo feito “de restaurantes para restaurantes”.
TAGS