Participamos do

TAP reduzirá oferta de voos para o Brasil, informa jornal de Portugal

08:03 | Mar. 03, 2016
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
Na contramão do que o governo brasileiro trabalha, uma notícia divulgada nesta quarta-feira, 2, por um jornal especializado em turismo de Portugal, que cobre o dia-a-dia da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) a TAP, anunciou que a deve reduzir o número de voos para o Brasil.

De acordo com o site do PRESSTUR, o motivo é o impacto negativo da economia brasileira. A companhia aérea portuguesa irá reduzir as existentes 77 frequências semanais para 66.

O diretor de vendas da transportadora, Carlos Paneiro, disse ao jornal de Portugal que, assim como outras empresas fizeram, é necessário adaptar a oferta à procura. Um dos recentes cancelamentos da portuguesa para o Brasil foi a rota que liga Manaus a Lisboa. Ainda não foram anunciadas as rotas que sofrerão redução nas frequências.

A TAP apostou muito no potencial emissivo do Brasil para a Europa, principalmente na época em que a economia brasileira vinha em alta, e possibilitava viagens internacionais para os integrantes da nova classe C brasileira.

O executivo da TAP explica ainda que a redução nos voos é também em função da desvalorização do câmbio. Ele afirma que, apesar da condição favorável para os viajantes do exterior, os preços dos hotéis dolarizados tornam as excursões elevadas.

Peneiro cita, ainda, o surto da Zica que está também afastando o viajante europeu da América Latina.

Mesmo assim, Brasil busca na BTL 2016 incrementar o fluxo do mercado português

Os estados brasileiros participam desde esta quarta-feira (2) da BTL 2016 (Bolsa de Turismo de Lisboa), evento que segue até domingo (6). Apesar de a TAP oferecer 67 voos semanais para o Brasil, incluindo Lisboa e Porto, Portugal é apenas o 11º país que mais envia turistas ao Brasil.

O ministro Henrique Alves, que participa do evento, destacou que é preciso investir em promoção e mostrar as melhorias realizadas no País: "Investimos em infraestrutura, qualificação de mão-de-obra, e hoje ainda temos um componente importante que é a questão do preço. O Brasil se tornou um destino barato, não só para visitar, mas também para investir".

O Brasil estará presente no evento com um estande de 312m², apresentando destinos, produtos e serviços que tornam o País uma das nações mais relevantes do turismo mundial. A estratégia do Instituto é ampliar o conhecimento de agentes de viagem e de potenciais visitantes estrangeiros sobre a diversidade da oferta turística brasileira, com foco na promoção do Brasil como sede da Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016.

Como principal empresa aérea em números de voo da Europa para o Brasil, a TAP apoia o programa de hosted buyers que ocorre na BTL. O programa reúne diversas empresas brasileiras com o objetivo de impulsionar a presença de turistas europeus no Brasil.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente