PUBLICIDADE
Notícias

Experiência do hub de Lisboa será debatida por jornalista português durante palestra em Fortaleza

13:01 | 25/06/2015
NULL
NULL
Muito se fala e se publica nos últimos dias no Estado sobre a importância, para o turismo e para a economia do Ceará, da implantação do hub da TAM no Nordeste, onde a capital cearense é uma das pretendentes. Existe hoje nos meios políticos e econômicos cearense uma expectativa imensa sobre o projeto, que será analisado pelo Grupo LATAM só no próximo ano. No páreo da disputa, além de Fortaleza, estão Recife e Natal.

Para agregar conhecimentos sobre o assunto e debater a importância turística e econômica de empreendimentos desse gênero no mundo, o Brasilturis Jornal, um dos mais importantes veículos de comunicação especializada em turismo no país, aproveitará a oportunidade de instalação de uma representação no Ceará para debater o tema.

O diretor e editor da publicação, o jornalista Horácio Neves, que é português mas há muito tempo radicado no Brasil, trará toda a sua experiência de profissional de turismo na exposição da palestra “O exemplo do hub de Lisboa como incremento para o turismo e a economia da capital portuguesa”. O evento, que é dirigido ao trade turístico de Fortaleza, ocorrerá na quarta-feira, 1º de julho, a partir das 9h, no Hotel Mareiro, na Beira Mar.

TAP programa entre “oito e dez novos voos” no Brasil, afirma David Neeleman

David Neeleman, dono da Azul, que assinou na quarta-feira (24) contrato com o Governo de Portugal para a compra de 61% das ações do grupo TAP, afirmou que pretende expandir as operações da companhia aérea para 10 novos destinos nos Estados Unidos e Europa, e “oito ou dez” no Brasil, para atrair mais passageiros desses países para a Europa. Atualmente, a TAP voa para 11 destinos brasileiros, incluindo as principais capitais do Nordeste: Salvador, Recife, Fortaleza e Natal.

Na relação de novos destinos brasileira com potencial emissivo para Portugal, e que podem ser incluídas dentro dessa nova proposta do dono da Azul, estão: Florianópolis, Curitiba, Cuiabá, São Luís, Teresina, Maceió, Aracajú, João Pessoa, Mato Grosso, Palmas, Goiânia, Vitória e outras. De acordo ainda com Neeleman, 26% dos passageiros transportados pela TAP provenientes da América do Sul com destino a Europa são brasileiros.

O consórcio Atlantic Gateway, que inclui o empresário português, Humberto Pedrosa, vai investir até € 800 milhões na companhia. Os novos donos afirmaram que também planejam renovar a frota de aeronaves da TAP.

Seguro viagem passará a ter novos critérios para garantir serviços básicos a qualquer pacote

Até pouco tempo atrás, no Brasil, a ausência de regras claras sobre coberturas do seguro viagem gerava, muitas vezes, transtornos para o consumidor. Os turistas contratavam apólices sem saber ao certo que tipos de serviços eram cobertos. Era comum descobrir, em plena viagem, que o seguro contratado não oferecia proteção contra acidentes e que a empresa não ressarcia os gastos com despesas médicas e hospitalares.

Situações como essas eram comuns porque as seguradoras só eram obrigadas a ofertar planos que cobrissem casos de morte e invalidez por acidente. O restante era facultativo, poderia ser incluído ou não nos planos.

Para tentar resolver o problema, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) lançou um pacote com regras que devem ser comuns a todas as seguradoras brasileiras. Em viagens internacionais deve-se oferecer, obrigatoriamente, cobertura com despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas. Em passeios nacionais, os planos deverão ofertar pelo menos uma dessas coberturas básicas (médicas, hospitalares e/ou odontológicas), além de indenização em caso de morte e invalidez.

A novidade torna os seguros as opções mais simples para os viajantes e mais fáceis de serem “empacotadas” pelo empresário. Com a vantagem de ficarem sujeitos à fiscalização e multas em caso de descumprimento. De acordo com a Associação Brasileira de Cartões de Assistência, em 2010, apenas 24% dos turistas brasileiros viajavam munidos de um cartão de assistência. Hoje, pelo menos 38% das pessoas viajam seguradas.

A obrigatoriedade das mudanças passa a valer a partir de setembro deste ano, mas algumas empresas já se enquadraram às novas regras. No último mês, a Caixa Seguradora lançou um pacote de seguro de viagem com as novas coberturas obrigatórias. Ela usou como base os novos critérios, mas personalizou os pacotes: para executivos, estudantes, praticantes de esportes radicais, gestantes e idosos.

A resolução da Susep também determina que é obrigação da seguradora prestar informações claras sobre as coberturas mais adequadas à viagem, especialmente em relação às exigências dos países de destino internacional. O ideal é que o próprio viajante explique que tipo de passeio pretende fazer e se tem necessidades especiais, para que, então, o agente de viagem possa indicar o plano ideal de cobertura.



43ª ABAV – Expo Internacional de Turismo abre inscrições para profissionais do setor

Foram abertas desde a última sexta-feira (19) as inscrições para o credenciamento dos profissionais do setor para a 43ª ABAV – Expo Internacional de Turismo, que se realizará de 24 a 26 de setembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

O evento, consolidado como a maior e melhor feira de turismo do Hemisfério Sul, contou no ano passado com mais de 3.500 marcas expositoras com representantes de 65 países e recebeu 41 mil visitantes.

Para este ano, a expectativa é de que os números sejam superados.

Para se cadastrar, basta acessar o site do evento (www.abavexpo.com.br) e abrir guia de expositores, selecionar a aba visitante e clicar no ícone inscrição profissional do setor. O participante deverá preencher seus dados e responder a um questionário para finalizar o cadastro.

Os associados ao Sistema Federativo ABAV poderão realizar suas inscrições online, gratuitamente, com direito a solicitação de cinco ADs 90 por CNPJ. A entrada é gratuita também para os que se credenciarem diretamente na feira.

Já as entidades congêneres e afiliadas às ABAVs estaduais podem se inscrever gratuitamente pela internet – seguindo os mesmos passos informados anteriormente – com direito à solicitação de duas ADs 90 por CNPJ - ou no dia do evento, pagando o valor de R$ 30 pelo ingresso. Agentes de viagens que ainda não são associados à entidade e profissionais autônomos, também poderão marcar presença, realizando o cadastro gratuito até 31 de julho pelo site. O credenciamento direto na feira tem custo de R$ 60.

"A ABAV Expo é a grande vitrine para a apresentação de produtos e serviços turísticos. É onde profissionais do mundo inteiro se reúnem para realizar negócios, abrir oportunidades de relacionamento, adquirir conhecimento e atualizar-se sobre tendências e assuntos que dominam a pauta do setor", destaca o presidente da ABAV Nacional, Antonio Azevedo.
TAGS