PUBLICIDADE
Notícias

BNTM 2015 atinge meta de participação de investidores

09:00 | 07/05/2015

A 24ª Brazilian Tourism Mart (BNTM), que será realizada, de 27 a 30 de maio, no Centro de Eventos do Ceará (CEC), já atingiu a meta de participação dos buyers (investidores), informa a CTI-Nordeste, organização do evento. Faltando um mês para a realização da bolsa de negócios já estão confirmadas a participação de 300 buyers de países como Argentina, Itália, Inglaterra, Portugal e Estados Unidos.


Dos buyers confirmados, 90% que demonstram interesse pelo Nordeste do Brasil são estrangeiros. "O grande interesse acontece devido a alta do dólar, que torna o Nordeste um destino mais barato, além da boa repercussão da edição passada e também do atrativo particular deste ano, que é a realização da feira no estado do Ceará", destaca Arialdo Pinho, secretário do Turismo do Ceará.

A feira deve receber um público de 1.300 visitantes, entre operadores, agentes de viagens, hoteleiros, jornalistas e representantes do trade nacional e internacional. A expectativa é de uma geração de negócios da ordem de R$ 200 milhões. Para este ano, o evento terá novidades como a Arena Cultural, um espaço de 200 m² para divulgação da cultura e gastronomia do Nordeste com apresentações folclóricas e degustação da cozinha regional.

A BNTM é realizada anualmente desde 1992, sempre em uma das capitais do Nordeste. Para a edição 2015, além dos encontros temáticos, a feira também continuará com a realização de rodada de negócios. No ano passado, foram agendadas cerca de 3.300 reuniões e encontros de negócios no evento realizado na Arena Pernambuco.

Voos da América Latina para o Brasil têm alta de 9,63%
A oferta de voos dos países da América Latina para o Brasil registrou um crescimento de 9,63% nos quatros primeiros meses de 2015, na comparação com igual período de 2014. A maior alta foi nos voos a partir do Chile, com 57,01%, que passaram de 1.170 para 1.837. As informações foram divulgadas esta semana pela Embratur.

Os voos com origem na Argentina ainda são maioria, com 4.642 e aumento de 1,04% em relação ao mesmo período de 2014. Em relação aos quatro primeiros meses de 2013, antes da realização da Copa do Mundo no Brasil, a alta neste ano foi de 10,05%.

Já os voos com origem nos Estados Unidos tiveram alta de 4,69%, totalizando 4.907 chegadas entre janeiro e abril deste ano. Com 171 voos no mesmo período, o Canadá registrou um crescimento de 42,86%.

Europa - Entre os países da Europa, o maior número de aviões com destino ao Brasil partiu de Portugal, com 1.183 voos e alta de 10% em relação ao mesmo período do ano passado. Mas o maior crescimento individual, de 35,8%, aconteceu nos voos com partida da Suíça, que passaram de 120 para 163.

No total, os voos internacionais para o Brasil somaram 22.235 nos quatro primeiros meses deste ano, com 4,7 milhões de assentos disponíveis. Em relação a 2014, o crescimento foi de 7,39% no número de voos e de 7,54% no de assentos. Se a comparação for com o mesmo período de 2013, os crescimentos são, respectivamente, de 8,66% e 11,70%.

LUXO E SUSTENTABILIDADE
Em busca de conforto e qualidade no atendimento, turistas brasileiros e estrangeiros estão investindo em um nicho de mercado que vem ganhando espaço no Brasil: o turismo de luxo, segundo dados do Ministério do Turismo (MTur). Ao contrário do que se vê na Europa, onde o segmento é voltado para a ostentação, no Brasil o luxo está relacionado à valorização da cultura local e ações de sustentabilidade.

Com empreendimentos fincados à beira mar, embrenhados em florestas ou com vistas privilegiadas para o campo, empresários ligados a hotéis de luxo assistiram ao aumento da receita em 11% em um ano, passando de R$ 572,6 milhões para R$ 632,8 milhões entre 2012 e 2013. O número de hóspedes chegou a mais de 148 mil no mesmo período, de acordo com a Associação Brasileira de Viagens de luxo, a BLTA. Metade dos hóspedes é do próprio país (50%), seguidos pelos norte-americanos (22%) e europeus (14%), segundo a associação, que reúne hotéis, resorts, pousadas e operadoras do setor de luxo no Brasil. Entre as motivações, o trabalho aparece no topo da lista (51%), seguido pelo lazer (29%).

SÃO PAULO TEM RECORDE DE VISITANTES

A São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos) realizou, por meio do seu Observatório de Turismo e Eventos (núcleo de estudos e pesquisas), um levantamento que traça o "raio-X" do turista que esteve na capital paulista no ano passado. O estudo cita dados como os principais emissores, idade e tempo de permanência na cidade.

Segundo o levantamento, em 2014, a cidade recebeu um recorde na série histórica: 15 milhões de visitantes, sendo 85% brasileiros e 15% de estrangeiros. Isso significa que 2,250 milhões de visitantes internacionais estiveram na cidade no ano passado. Os principais países emissores foram: Estados Unidos, Argentina, Alemanha, Chile, Portugal, Espanha, Uruguai, França e Colômbia.

GREVE NA TAP

O Governo de Portugal estima que a TAP já tenha sofrido prejuízos de 17 milhões de euros nos primeiros cinco dias de greve dos pilotos. Nos dez dias de paralisação os danos podem chegar aos 35 milhões. Para o ministro da Economia Pires de Lima disse que, mais do que as perdas com a greve, "o maior impacto é o dano que se causa à reputação de uma empresa que faz da regularidade da sua operação um dos principais ativos".

ENTIDADE QUER MENOS CRUZEIROS MARÍTIMOS NO BRASIL
O ministro do Turismo, Henrique Alves, reuniu esta semana representantes da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar) para uma audiência sobre os desafios do turismo náutico. A redução da oferta de cruzeiros marítimos no Brasil foi um dos temas tratados na reunião, assim como a necessidade de ampliar os destinos. O Brasil tem hoje 10 navios de cruzeiros para o turismo náutico, metade do que havia há quatro anos.

 

 

TAGS