PUBLICIDADE
Notícias

A empresa GJP, de Guilherme Paulus, anuncia acordo operacional com o Colisum Beach Resort, de Beberibe

13:04 | 01/10/2014
NULL
NULL
Guilherme Paulus, ex-dono da operadora de turismo CVC, quer expandir a sua rede de hotéis e resorts e chegar a 48 unidades até 2018. Ele ronda o mercado do Ceará há tempos para comprar, mas ainda conseguiu concretizar nenhum negócio.

Mas enquanto esse intento não é realizado, o empresário começou a fincar bandeira no Estado de outra forma. Por ocasião da 42º feira da Abav, realizada na semana passada, em São Paulo, ele assinou na quarta-feira dia (24), no estande da GJP, uma parceria comercial com o Coliseum Beach Resort, pertencente ao hoteleiro cearense Darlan Leite.

Pelo acordo com a GJP, a partir de agora as vendas e o marketing do Coliseum serão efetuados pela empresa hoteleira de Paulus. O Coliseum situado no alto de uma das falésias da praia de Beberibe, no litoral leste do Ceará, a cerca de 75 quilômetros de Fortaleza.

Os empresários estimam que num período máximo de seis meses as operadoras coligadas, tendo a CVC como carro chefe a ocupação, triplique a emissão de turistas saindo de 20% para 60%.

Por entendimentos contratuais o Coliseum fara alguns investimentos, entre eles a contratação de uma equipe de animação para que os hospedes possam a curtir todas as belezas da Praia das Fontes e região e a estrutura do empreendimento. Também serão implantadas as vendas de diárias com meia pensão e pensão completa.

Apenas 10% do mercado de feiras de negócios realizadas no País acontecem no Nordeste, diz Ubrafe
O estudo “Feiras de Negócios no Brasil”, feito pela União Brasileira dos Promotores de Feiras (Ubrafe), mostra que mais de 48% das feiras e exposições são realizados na região Sudeste. Em segundo lugar permanece a região Sul, como 30,6% dos eventos, seguida das regiões Nordeste (10,4%), Centro-Oeste (6,8%) e Norte (3,9%).

De acordo com o levantamento, o mercado de feiras de negócios deverá fechar o ano com a realização de 2,2 mil eventos no país, mantendo a média anual, segundo trabalho inédito realizado pela Ubrafe. O setor vive um momento de recuperação das atividades, depois da retração do mercado registrada no primeiro semestre.

Para a elaboração do estudo foram considerados como fontes: o calendário Ubrafe das principais feiras de negócios, o calendário de feiras do Brasil, o calendário brasileiro de exposições e feiras do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG). Neste contexto, foram analisadas as feiras e exposições B2B (sigla em inglês que significa de empresa para empresa) e as feiras do agronegócio.

Abav afasta ideia de feira itinerante e trabalha para evento permanecer fixo em São Paulo
O presidente da Abav Nacional, Antonio Azevedo, afirmou a este colunista que São Paulo não pode abrir mão da realização da feira por ser o principal mercado de turismo do país. “É aqui que estão as sedes das principais empresas de turismo do Brasil e onde os negócios do setor acontecem”, disse ele, acrescentando ainda que a ideia da feira se tornar itinerante está totalmente afastada.

A proposta de tornar o evento itinerante foi levantada pelo secretário do Turismo do Ceará, Bismarck Maia, a partir da construção do Centro de Evento do Ceará, atualmente um dos mais modernos do País. Mesmo assim, Azevedo afirmou que hoje somente o Anhembi e o Riocentro possuem condição de espaço para acomodar a exposição. “No caso do centro de eventos de Fortaleza teria que se pensar em anexos, porque o espaço não comportaria a feira”, disse ele durante coletiva de imprensa.

O certo é que a feira da Abav de 2015 (a partir deste ano feira passou a ser denominada de “Abav Expo Internacional de Turismo”) tem dada agendada para acontecer no Anhembi, em São Paulo, nos dias 23 e 27 de setembro de 2015, mas isso ainda pode mudar, mas pode ocorrer alteração. Antonio Azevedo confirmou que a entidade negocia com o Anhembi um contrato para os próximos dois anos e também uma adequação da data da feira ao calendário do pavilhão.

42ª ABAV-Expo Internacional recebeu 41.095 visitantes
Com a nova denominação e formato, a 42ª ABAV – Expo Internacional de Turismo registrou os seguintes números ao longo dos cinco dias de evento: visitação do público profissional: 41.095 e presença do público consumidor: 16.873.

Esses números finais, divulgados na segunda-feira pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), mostraram um aumento de 30,85% em relação ao público do ano passado.

Segundo o presidente da Abav, Antônio Azevedo, houve um crescimento em qualidade. Para ele, o sucesso da feira pode ser medido pelos espaços já reservados para o próximo ano, que chegam a 35%. “No ano anterior, ao final da feira somente 10% dos espaços tinham sido reservados”, revelou Azevedo.

Além da visitação foram realizados cerca de 1.245 encontros de negócios, sendo 1.100 nacionais e 145 internacionais, também foram gerados 7.496 postos de trabalhos diretos nos estandes de exposição, e cerca de 800 jornalistas circularam pelo local. Por último, 4.595 pessoas participaram das palestras da Vila do Saber.

De acordo ainda com a entidade, a movimentação total de pessoas foi de 68.263.

TAGS