PUBLICIDADE
Notícias

Vereador de 59 anos é preso suspeito de estupro de vulnerável em Varjota

Acusado vivia há cerca de um mês em situação matrimonial com uma adolescente de 13 anos, conforme a investigação. Há a suspeita de que ela esteja grávida

10:06 | 18/06/2015

O vereador José Marcelo Lopes (PMDB), 59 anos, foi preso na tarde da última terça-feira, acusado de estupro de vulnerável, em Varjota, 308,2 km de Fortaleza. A Polícia Civil cumpriu o mandado de prisão expedido pela Justiça e a investigação aponta que ele vivia em situação conjugal com uma adolescente de apenas 13 anos.

Segundo o delegado regional de Sobral, Júnior Vieira, a prisão preventiva ocorreu de forma tranquila e o vereador está detido na delegacia de Varjota, conforme determinação da Justiça. “Instauramos um inquérito policial após contato do Ministério Público. Constatada essa situação, o suspeito já recebeu a prisão preventiva e prestou depoimento”, detalhou.

O promotor Diego Barroso informou que recebeu, há cerca de dez dias, várias denúncias da relação do vereador com a menina. “Populares contaram que eles estavam juntos em público e ela tinha ido morar com ele. O Conselho Tutelar foi na residência do vereador e averiguou que se tratava de uma jovem com menos de 14 anos. A menina parou de frequentar a escola e as notas baixaram”, explicou.

De acordo com o promotor, um procedimento cível foi instaurado para o acompanhamento da adolescente. “A investigação apontou que eles saíam há uns quatro meses e as relações sexuais ocorreram nos últimos 15 dias. No depoimento à Polícia, o próprio acusado confessou que morava com ela e tinha relações”, completou.

A prisão preventiva do vereador foi protocolada na ultima quarta-feira, 10, e o Juiz da Comarca de Varjota deferiu o pedido nessa segunda-feira, 15. O Conselho Tutelar informou que há a suspeita de que a menina esteja grávida. A jovem voltou para a residência da mãe, que foi até a delegacia e disse que a filha estaria em depressão por conta da prisão.

O POVO Online entrou em contato com a Câmara Municipal de Varjota, que informou estar apurando o caso. 


TAGS